PESQUISA POR MATÉRIAS

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

PREFEITURA AGRADECE APOIO DOS SERVIDORES E ANUNCIA QUE VAI À JUSTIÇA PARA GARANTIR DIREITOS DE ALUNOS E SUAS FAMÍLIAS

A Procuradoria Geral do Município vai recorrer à justiça para garantir os direitos dos alunos e pais que podem ser prejudicados com a decretação da greve, conforme anunciado no fim desta tarde pelo Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe). Segundo o procurador Marcus São Thiago, por lei a greve deve ser oficialmente comunicada ao poder público com 72 horas de antecedência e todas as unidades escolares devem ter seu funcionamento garantido. Sem isso, a ação pode ser considerada ilegal, o que geraria o desconto das faltas constatadas no período.