ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Sociedade Artística Villa-Lobos apresenta em outubro o badalado Quarteto da Guanabara

A renomada Sociedade Artística Villa-Lobos (SAV) recebe no sábado, dia 31 de outubro, às 17h, no Theatro D. Pedro, em Petrópolis, o famoso Quarteto da Guanabara, em verão de cordas, com Daniel Guedes e Maressa Portilho nos violinos, Daniel Albuquerque na viola e Márcio Malard no violoncello e participação especial da pianista Patricia Glatzl. O Quarteto da Guanabara continua sua trajetória, após uma interrupção de alguns anos devido ao afastamento do pianista Luis Medalha e à morte de dois de seus membros: a violinista fundadora do grupo Mariuccia Iacovino e o violista Frederick Stephany. Estes dois últimos compuseram a primeira formação do grupo juntamente com o pianista Arnaldo Estrella e Iberê Gomes Grosso. Márcio Malard, último remanescente do grupo, que havia sucedido Iberê Gomes Grosso após sua precoce morte, decidiu dar continuidade ao trabalho do Quarteto da Guanabara, um grupo de tradição e excelência no panorama musical brasileiro. Nesta nova formação, o Quarteto assumiu o caráter de quarteto de cordas, com Daniel Guedes e Maressa Portilho nos violinos, Daniel Albuquerque na viola e Márcio Malard no violoncelo, unindo assim quatro gerações de músicos, tendo a mais jovem integrante apenas 20 anos. A missão do grupo é continuar a tradição do Quarteto da Guanabara de divulgar a música de compositores brasileiros além de trazer para o público as obras dos grandes compositores consagrados. Além disso, o Quarteto tem em seu repertório obras de compositores contemporâneos, como sempre aconteceu na sua trajetória, tendo executado obras dedicadas ao conjunto de Cláudio Santoro, Gnattalli etc. em primeiras audições.