ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

DENÚNCIAS DE CRIMES AMBIENTAIS AUMENTOU NA REGIÃO SERRANA


Do G1

O número de denúncias de crimes ambientais na Região Serrana do Rio aumentou em 2015, segundo dados do Linha Verde, projeto do Disque Denúncia. Teresópolis, por exemplo, registrou aumento de 300% em relação ao ano de 2014, subindo de 20 para 82 denúncias. Petrópolis foi a cidade com maior número de ligações, passando de 119 para 170. Já Nova Friburgo, aparece com pouca expressão entre as principais cidades da região, de 17 para 25 denúncias.
Os crimes de maus tratos aos animais, extração irregular de árvores e do solo, desmatamento florestal e poluição do ar foram os mais denunciados em Petrópolis. No município de Teresópolis, a extração irregular de árvores aumento de 6 para 21 denúncias, assim como o desmatamento florestal, que pulou de 4 para 20 casos.  Também em Teresópolis, crimes relativos à crise hídrica, só passaram a ser cadastrados em 2015, como desperdício, desvio de curso e captação clandestina de água.
Nova Friburgo teve mais casos de extração irregular e desmatamento florestal, mas não registrou denúncias, por exemplo, dos crimes de guarda ou comércio ilegal de animais silvestres e caça ilegal de animais.
Segundo o Linha Verde, apesar de no ano passado a região Serrana ter registrado vários casos de queimadas, houve poucas denúncias desse tipo de ação. O projeto alerta que a denuncia deve ser feita antes do crime ocorrer, quando o denunciante ver, por exemplo, alguém subindo uma montanha com produto inflamável.
O Linha Verde continua solicitando que a população de todo o Estado do RJ denuncie crimes ambientais através dos telefones 2253 1177 (capital) ou 0300 253 1177 (interior, custo de ligação local). O anonimato é garantido ao denunciante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente esta notícia