domingo, 21 de fevereiro de 2016

NOVA EXECUTIVA DA JUVENTUDE DO PMDB DE PETRÓPOLIS TOMA POSSE


A nova executiva da Juventude do PMDB Petrópolis foi eleita nesta sexta-feira (19.02) durante a convenção que aconteceu no plenário da Câmara de Vereadores. A diretoria da instituição será presidida pela estudante Carem Carolina, de 26 anos, que tomou posse com a presença do presidente do partido, o deputado estadual licenciado Bernardo Rossi e o secretário-geral do partido e presidente da Câmara de Vereadores, Paulo Igor.


O encontro também iniciou o diálogo entre os militantes para traçar o rumo da juventude no município no mandato dos próximos dois anos, incluindo o projeto de criação de uma secretaria de juventude.  O evento contou com a presença da presidente estadual da JPMDB, Jéssica Ohana; a coordenadora da JPMDB na Região Serrana, Carina Poirier e militantes do partido.
Bernardo conversou com os filiados sobre a importância de políticas públicas para os jovens e lembrou projetos voltados para esse público, como o campus da UERJ em Petrópolis. As primeiras turmas com 50 alunos iniciam aulas em março e o curso é o primeiro de Arquitetura pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro e nasce como referência no país.
            “A discussão de políticas públicas deve ser permanente em todos os núcleos do PMDB e o da Juventude é dos mais atuantes neste sentido”, apontou Bernardo Rossi. Eleito pela primeira vez como vereador aos 24 anos, Bernardo falou do engajamento dos jovens na política e o que o partido - que hoje governa o Estado, a prefeitura da capital e que tem três vereadores em Petrópolis -  conseguiu colocar o Rio de Janeiro no rumo do desenvolvimento.
“Hoje, o PMDB de Petrópolis está ainda mais forte e tem no exemplo dos governantes do PMDB no Estado e em 22 prefeituras no interior o que almeja para todos os municípios fluminenses: crescimento”, afirmou Bernardo Rossi. O PMDB tem quatro mil filiados na cidade, é representado no legislativo petropolitano por três vereadores e mantém atuante também o Núcleo PMDB Mulher.
Para Paulo Igor, o legislativo petropolitano com forte atuação para aproximação da Câmara com os cidadãos é referência para a juventude. “Hoje, temos uma das casas parlamentares mais produtivas do Estado e isso deve ser  mostrado aos jovens para que desde cedo haja interesse na participação na política”, destaca.
“Bernardo Rossi é um exemplo para a Juventude do PMDB Petrópolis e é comprometido com o segmento. Nesta convenção revigoramos a JPMDB da cidade com mais compromissos, entre eles o de criação de uma secretaria específica para o público jovem”, frisou Jéssica Ohana. Para Carem Carolina, a palavra de ordem é ação. “Queremos mais jovens engajados na política e nossa busca é por discussões aprofundadas e qualificadas  para atrair a juventude”, afirma.
A JPMDB Petrópolis existe há 13 anos e busca auxiliar a juventude local através de projetos e trabalhos sociais, além de contribuir para o ingresso desse público nas questões políticas ao seu redor. A filiação só ocorre a partir dos 18 anos de idade, mas o trabalho da Juventude é feito com adolescentes a partir de 14 anos, futuros eleitores que já se preocupam com políticas voltadas para a juventude e toda a sociedade.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

PESQUISA POR MATÉRIAS