ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

terça-feira, 1 de março de 2016

CÂMARA REALIZA SESSÃO ITINERANTE NO MORIN NESTA TERÇA-FEIRA

Moradores do Morin poderão apresentar suas reivindicações diretamente aos vereadores durante sessão itinerante que será realizada nesta terça-feira (1º/03) na Igreja Nossa Senhora da Glória. A plenária, que terá início às 19h, abrirá o calendário do projeto “Câmara na Comunidade” de 2016. Mais cedo, das 16h às 18h, uma equipe do Núcleo de Práticas Jurídicas (NPJ) da Universidade Católica de Petrópolis (UCP) estará à disposição para prestar atendimento e esclarecer dúvidas dos moradores.  “Levar esta primeira plenária do ano ao Morin, bairro em que nasci, fui criado e onde hoje meus filhos crescem, é uma satisfação impar. Espero todos na Escola para prestar contas aos moradores sobre o trabalho que venho desenvolvendo à frente da Câmara, conversar e ouvir as demandas da população. Será uma boa oportunidade de discutirmos os projetos importantes para a cidade e também aqueles que estão em andamento no bairro, como por exemplo, a cobertura da quadra do antigo Campo do Cruzeiro do Sul”, explica o presidente da Câmara, Paulo Igor (PMDB).

O presidente lembra que a parceria com a UCP para atendimento jurídico gratuito perto de casa também beneficia os moradores. “Em todas as comunidades por onde passamos percebemos que existem pessoas que precisam de orientação jurídica, seja por alguma questão familiar, por problemas relacionados ao direito do consumidor, à dificuldade de acesso a algum serviço, ou outras questões. Com o projeto “advogado de família” agregado ao “Câmara na Comunidade”, facilitamos o acesso das pessoas a estes serviço”, pontua. O atendimento jurídico começa às 16h para que haja tempo da população ser atendida com calma. “A equipe da UCP chega duas horas antes e assim as demandas da população podem ser avaliadas, as dúvidas sanadas, e as orientações são passadas com tranqüilidade”, explica.
O “Câmara na Comunidade” leva as plenárias para os bairros com o objetivo de ouvir as reivindicações e necessidades da população em diferentes regiões da cidade. Até o mês de junho o projeto Câmara na Comunidade será levado a outras cinco localidades, percorrendo também os distritos. O projeto permite ainda que a população conheça e acompanhe o trabalho dos parlamentares. No ano passado as sessões itinerantes foram levadas a 11 diferentes localidades. Mais de 1.500 pessoas participaram das plenárias.
 “Este é um dos projetos mais importantes que desenvolvemos hoje na Câmara. Levando as plenárias aos bairros melhoramos a interlocução da população com os parlamentares. Isso permite que os vereadores conheçam de perto os problemas das comunidades, busquem soluções e também que a população acompanhe e entenda um pouco mais sobre o trabalho dos vereadores”, explica Paulo Igor.
No ano passado, as sessões itinerantes foram realizadas nos distritos da Posse e Pedro do Rio, além dos bairros Corrêas, Nogueira, Retiro, São Sebastião, Jardim Salvador, Caxambu, Quitandinha, Lajinha e Carangola.
 O presidente da Casa lembra que as demandas apresentadas pela população são encaminhadas às autoridades competentes. “Os moradores apontam os problemas que precisam de soluções mais urgentes. Após as sessões, as reivindicações são levadas às autoridades competentes e a Câmara cobra as soluções. Estou certo de que quando a população e o Legislativo caminham juntos, é possível construirmos uma cidade melhor”, diz.
As próximas edições do Câmara na Comunidade estão previstas para os dias 29 de março, 14 de abril, 10 e 31 de maio e 21 de junho. Os locais serão definidos de acordo com a indicação dos vereadores.