ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

terça-feira, 18 de outubro de 2016

DISQUE DENÚNCIA LANÇA NOVA CAMPANHA DE DOAÇÃO PARA CONTINUAR SUAS ATIVIDADES


No final de 2015 a crise havia chegado ao Disque-Denúncia. A instituição, sem fins lucrativos, que opera a base de contribuições de empresas e entidades, corria o risco de suspender as atividades e, através de uma campanha, solicitou ajuda à população. Com objetivo de continuar driblando a crise, o Disque-Denúncia pede novamente a ajuda direta da população. A contribuição é livre.

Em parceria com a Agência 11:21, foi criada uma campanha que começa a circular hoje na internet e nos próximos dias, em rádio e televisão, jornais e mobiliário urbano com espaço doado por veículos de comunicação, com o mote “O Rio de Janeiro precisa do Disque Denúncia e o Disque Denúncia precisa de você”. A expectativa é de que a campanha seja compartilhada pelos internautas e ajude a aumentar o número de doações. Os filmes foram produzidos pelas produtoras de filme Pixel e de som Nova Onda, além da gráfica MPV7.

Durante o início da crise econômica no Estado, a participação e ajuda da população foi fundamental. A instituição adotou um processo de contingenciamento, reduziu a carga horária de trabalho em 25% e houve diminuição no volume de recompensas. Com a participação da população e dos empresários o Disque Denúncia conseguiu os recursos necessários para continuar operando até agora.
Para o criador do Disque Denúncia, Zeca Borges, há 21 anos o apoio da população vem sendo fundamental no combate à violência. E neste momento mais uma vez ele espera que as pessoas façam a diferença: “O Disque-Denúncia é o canal de exercício de cidadania e de integração entre a população e as autoridades. Estamos sem recursos, mas não podemos desistir da nossa causa. Temos contado com ajuda de empresas e entidades, mas se a população acha que nosso trabalho é fundamental para o combate ao crime e à violência no Rio de Janeiro, gostaríamos de pedir mais uma vez que doassem o que puderem para nos ajudar na manutenção de nossos serviços, colaboradores e programas. Estamos sobrevivendo, mas ainda precisamos da sua ajuda”, comentou Zeca Borges.
No último ano, o Disque Denúncia recebeu mais de 107 mil denúncias de todos os tipos de crimes. Com essas informações recebidas pelo Disque Denúncia, a polícia conseguiu localizar um dos bandidos mais procurados do Estado, o “Fat Family”, morto durante operação policial em São Gonçalo, na Região Metropolitana. Além dele, o Disque Denúncia, com informações repassadas à polícia, ajudou na captura de outros perigosos traficantes, como “Elias Maluco” (assassino do jornalista Tim Lopes), o “Peixe”, então líder do tráfico na Vila Aliança, “Fu” e “Claudinho da Mineira”, além do “Playboy da Pedreira”, que acabou morto em confronto com a polícia.
Entrando na era tecnologia, o Disque Denúncia passou a contar também com um aplicativo para que a população realize, de forma anônima, denúncias pelo smartphone, incluindo fotos e vídeos. O APP pode ser baixado nas lojas virtuais da Apple Store e Google Play.
Em 21 anos, mais de 2 milhões de denúncias levaram a polícia a apreender mais de 5 mil armas, mais de 15 mil quilos de drogas além de recuperarem cerca de 5 mil veículos roubados. O Disque Denúncia ainda conta com um núcleo que recebe informações sobre crimes ambientais, o Linha Verde, um núcleo de violência doméstica (que cuida especificamente de informações relativas à idosos, mulheres e crianças) e o núcleo de Desaparecidos. Segundo Borges, a chave do sucesso do serviço para ajudar a polícia a desvendar crimes é a informação diária. “Não se pode ter um policial em cada esquina, mas em cada esquina tem um cidadão que pode nos informar de um crime”, disse ele.
Para ajudar o Disque-Denúncia, a população pode doar online (http://disquedenuncia.org.br/doacoes), pelo telefone (21) 2518-1920 ou fazer um depósito bancário na conta corrente da instituição (Banco Bradesco / Instituto MovRio / Agência 3176-3 / CC 0421460-9/ CNPJ 043463480001/96)
Como Doar:
Online: http://disquedenuncia.org.br/doacoes
Telefone: (212518-1920
Depósito em conta corrente:
Banco Bradesco
Instituto MovRio Agência 3176-3
Conta Corrente 0421460-9

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente esta notícia