ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

terça-feira, 18 de outubro de 2016

NOVO SECRETARIO ESTADUAL DE SEGURANÇA TOMA POSSE



Roberto Sá foi subsecretário de Planejamento e Integração Operacional na gestão de José Mariano Beltrame

O novo secretário de Estado de Segurança, Roberto Sá, tomou posse, nesta segunda-feira (17/10), em cerimônia no Palácio Guanabara. Ex-subsecretário de Planejamento e Integração Operacional na gestão de José Mariano Beltrame, ele se reuniu com o governador em exercício, Francisco Dornelles, o governador licenciado Luiz Fernando Pezão e o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, na sede do governo estadual.

 De acordo com o secretário Roberto Sá, as ações em sua gestão vão privilegiar o combate à criminalidade e a valorização do profissional de segurança pública, que poderá dar a sua contribuição nas discussões da pasta estadual.

- Na nossa gestão, todas as ações irão convergir para a preservação da vida. Temos que fazer todos os esforços para diminuir a letalidade violenta. Controlar a criminalidade, trabalhar com muita dignidade para o nosso profissional de segurança pública, valorizando-o sempre que possível através de seus recursos materiais. A grande missão que pretendo desenvolver é valorizar o seu conhecimento – afirmou o novo gestor.

O novo secretário anunciou, ainda, medidas que serão implantadas de imediato. Entre as ações estratégicas estão a adoção de reuniões periódicas de avaliação de desempenho dos indicadores de criminalidade de todo o estado com foco nas UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora).

Também fazem parte do pacote de medidas a criação de um Núcleo de Inteligência no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), com estrutura já montada, e o aumento da participação social no diagnóstico da criminalidade (conselhos comunitários de segurança terão uma participação mais efetiva).

O governador em exercício, Francisco Dornelles, ressaltou a importância da parceria com o governo federal.

- O ministro da Justiça, Alexandre Moraes, tem se mostrado um grande amigo do Rio de Janeiro, presente em todas as decisões importantes na área de Segurança – afirmou Dornelles.

Atuação integrada permanente

Segundo o secretário de Segurança, Roberto Sá, o crime organizado será combatido em diversas frentes. A nova gestão vai intensificar as investigações relativas à entrada das armas de fogo de grosso calibre (fuzis, submetralhadoras), em alinhamento com outras polícias do Brasil.

- Vamos pautar nossas ações a partir de uma atuação qualificada e integrada das polícias e de todos os atores de segurança pública – afirmou Sá.

Perfil

Roberto Sá é delegado da Polícia Federal. Natural de Barra do Piraí (RJ), formou-se em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC/RJ), em 2000. Sua carreira policial começou na Escola de Formação de Oficiais da Polícia Militar, em 1983, como cadete. Dois anos depois, foi nomeado aspirante a oficial. Em seguida, galgou todas as promoções até o posto de tenente-coronel, quando deixou a corporação para ingressar na Polícia Federal. Ainda na PMERJ, entre outras funções, foi instrutor do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), de 1989 a 1992.

Na Polícia Federal, lotado na Superintendência Regional da Polícia Federal no Acre, foi chefe de Segurança Móvel da escolta das 184 delegações estrangeiras presentes à Assembleia Geral da INTERPOL, realizada no Rio, em 2006.

Em 2007, assume o cargo de subsecretário de Planejamento e Integração Operacional da Secretaria de Estado de Segurança do Rio de Janeiro, com a função de atuar na área operacional de combate ao crime, planejando ações, supervisionando, avaliando e coordenando o emprego das Polícias Civil e Militar. A Subsecretaria de Planejamento e Integração Operacional foi responsável pelo planejamento e implantação das Unidades de Polícia Pacificadora (UPP), da RISP (Regiões Integradas de Segurança Pública) e do Sistema de Metas e Acompanhamento de Resultados (SIM). Em outubro de 2016, é nomeado Secretário de Estado de Segurança.

Formação e especialização profissional: Curso de Formação de Oficiais da PMERJ, Direito na PUC/RJ, Pós-Graduação MPA Executivo em Controle Externo na Fundação Getúlio Vargas, Curso de Instrutor de Educação Física da PUC/MG, Curso de Delegado de Polícia Federal na Academia Nacional de Polícia. Primeiro colocado no Curso de Operações Especiais do BOPE/PMERJ, em 1989. Escalador Militar no 11º Batalhão de Infantaria do Exército Brasileiro (1990), Curso de Salvamento em Montanhas no Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (1991), Curso de Segurança de Autoridades e Dignitários no III COMAR do Ministério da Aeronáutica (1995). Primeiro colocado no Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais da PMERJ (1996).

Fotos: Carlos Magno

--