sábado, 15 de outubro de 2016

PRESIDENTES DE FLA E PALMEIRAS SE ATACAM APÓS FLA-FLU POLÊMICO


Do Notícias ao Minuto - 

O presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, entrou na discussão motivada pelo polêmico Fla-Flu da última quinta-feira (13), vencido pelo Rubro-Negro, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro.“Estamos aqui hoje (sexta) para nos manifestar sobre o que chegou ao ponto do inaceitável. O que aconteceu ontem (quinta) no Rio de Janeiro pode manchar a história do campeonato, colocar em questão a credibilidade de um campeonato que começa a ser decidido fora de campo”, disse Nobre, de acordo com o Globoesporte,com, a respeito sobre o gol irregular do Flu que foi anulado, validado e anulado novamente pelo árbitro Sandro Meira Ricci.

Mas o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Melo, não gostou de o mandatário do Verdão ter opinado sobre a partida que o Palmeiras não jogou. Em entrevista ao canal ESPN Brasil, ele ironizou o cartola paulista.

“Eu estou achando muito estranho tudo isso, e falando primeiro das palavras do presidente do Palmeiras: eu não sei o que ele tem a ver com a partida de ontem. Mas o que mancha a credibilidade do Campeonato Brasileiro, o que é escandaloso, é por exemplo a expulsão do Márcio Araújo no primeiro tempo daquele jogo (contra o Palmeiras), é o fato de você colocar a Mancha Verde (organizada do Palmeiras) vestida de branco, e bandidos, porque são bandidos de qualquer maneira, embaixo do camarote do Flamengo (...). Quanto a vergonha na cara, gostaria que ele fosse mais explícito. Quem é que não tem vergonha na cara?”, disparou Bandeira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente esta notícia

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI