ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

EQUIPE DE TRANSIÇÃO DE BERNARDO ROSSI COMEÇA A TRABALHAR


A real situação financeira do município, previsão de receita para os próximos meses, estimativa de reajuste de IPTU para 2017, pagamento do 13° salário do funcionalismo e ainda garantias de recursos para a recomposição salarial de 6,2% adiada para janeiro pelo atual governo são algumas das informações pedidas oficialmente à prefeitura pela equipe de transição do governo eleito de Bernardo Rossi. As informações iniciais devem ser prestadas até cinco dias uteis após a proclamação de Bernardo Rossi como prefeito eleito pela Justiça Eleitoral. A primeira reunião entre equipe de transição do governo eleito e da atual administração está marcada para quarta-feira (09.11), às 10h, na Procuradoria do Município.

 “A transição é importante para que a cidade tenha assegurado os serviços básicos nos primeiros dias do ano, para que projetos importantes em andamento sejam mantidos com prazos e regras de execução e mais do que isso, para que o governo eleito saiba a real situação financeira da prefeitura. Esperamos que seja um período de cooperação, tranquilidade e produtividade”, afirma o prefeito eleito, Bernardo Rossi.

Entre as informações iniciais devem ser informados termos de ajustamento de conduta firmados com o Ministério Público; órgãos e entidades com os quais o município tem maior interação; precatórios; cargos em comissão e servidores em funções gratificadas.

O município deve responder ainda informações detalhadas como relatórios consolidados e balancetes de todos os órgãos e entidades da administração englobando despesas, dívidas e empenhos, a conciliação bancária, inspeções do Tribunal de Contas, licitações e contratos vigentes.

Os trabalhos vão abranger todas as secretarias, companhias e autarquias e devem se  iniciar pelas secretarias de Fazenda e Administração e pelo Inpas. Também serão levantadas as obras em curso, desapropriações e contratos de aluguéis de imóveis para órgãos da administração municipal e cedidos pela prefeitura a outras esferas.

A equipe de transição do governo Bernardo Rossi é formada por Renan Campos, advogado, professor universitário, mestre em direito pela UCP. Renan, que esteve à frente da elaboração do Plano de Governo de Bernardo Rossi, atua como coordenador da equipe de transição. Fazem parte do grupo o advogado Sebastião Médici, o contador e consultor Roberto Rizzo e o administrador de empresas Bruno Macedo.