| CIDADE

FIQUE EM DIA: CONTRIBUINTES TÊM ATÉ O DIA 31 PARA REGULARIZAR DÉBITOS COM A PMP

Negociações podem ser feitas de segunda a sábado, das 9h às 16 | Divulgação Com estrutura especial de atendimento montada no clube Petr...

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

AÇÃO CONJUNTA RETIRA MORADORES DE RUA ACAMPADOS NO CENTRO HISTÓRICO


A Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac), com o apoio da Coordenadoria de Fiscalização da Secretaria de Fazenda e da Polícia Militar, promoveu uma ação na noite desta sexta-feira (2/12) para retirar um grupo de pessoas que insistia em permanecer com barracas na Rua Irmãos D’Ângelo. O grupo – duas pessoas de Petrópolis e dois casais de Curitiba – usava duas barracas e vinha sendo abordado diariamente pela equipe da Setrac, mas recusava acolhimento e sempre voltava ao local. Na ação desta sexta-feira, que foi acompanhada por funcionários de condomínios da região, a Secretaria conseguiu retirar as barracas. Todos recusaram acolhimento no Núcleo de Integração Social (NIS), mas aceitaram retornar para casa. As quatro pessoas de Curitiba foram encaminhada de volta à cidade de origem.

Segundo a secretária de Trabalho, Assistência Social e Cidadania, Fernanda Ferreira, o trabalho de abordagem foi iniciado à noite e se estendeu até o início da madrugada. “Conseguimos mostrar que não podiam ficar ali e acabaram aceitando retornar às suas casas. As duas pessoas de Petrópolis inclusive têm família estruturada, mas enfrentam dificuldades por conta do uso de álcool e drogas. É importante ter o apoio da família neste momento para que, juntos, sigam o acompanhamento e tratamento necessários”, lembrou.

Os dois casais de Curitiba também ouviram as equipes e aceitaram deixar o local, mas pediram para voltar à sua cidade natal. “Embora esse retorno, quando feito de um Estado para outro, seja de responsabilidade da Secretaria de Assistência Social do Estado, decidimos fazer este acompanhamento. Com a falência do Estado, ficaria difícil garantir essa transferência. Então nós mesmos fizemos isso”, explicou.

O trabalho de abordagem a pessoas em situação de rua é permanente e realizado por equipe especializada da Setrac. Hoje, o município mantêm o Núcleo de Integração Social e o Centro Pop, para acolhimento dessas pessoas. A Prefeitura também oferece o Consultório na Rua, com atendimento médico e odontológico.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI