| CIDADE

FIQUE EM DIA: CONTRIBUINTES TÊM ATÉ O DIA 31 PARA REGULARIZAR DÉBITOS COM A PMP

Negociações podem ser feitas de segunda a sábado, das 9h às 16 | Divulgação Com estrutura especial de atendimento montada no clube Petr...

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

OBRAS DE CONJUNTO HABITACIONAL NO CARANGOLA SÃO RETOMADAS


Menos de 30 dias depois da reunião do prefeito Rubens Bomtempo com o ministro das Cidades, Bruno Araújo, em Brasília, a construção de 760 unidades habitacionais no Vicenzo Rivetti, no Carangola, foi retomada. A empresa A.B. Construtora assumiu a obra, assinou o contrato com a Caixa Econômica Federal e imediatamente começou a movimentar o terreno.

As obras estavam paralisadas há quase dois anos, com apenas 15% das intervenções concluídas. Na época, a primeira construtora selecionada pela Caixa Econômica Federal em chamada pública abandonou o canteiro de obras. “Esse é um momento importante para as mais de 800 famílias que permanecem no Aluguel Social do estado desde 2011. Lutamos junto com os moradores do Vale do Cuiabá, pois todos sofrem com essas paralisações. Tenho certeza que, daqui para frente, as obras não serão mais interrompidas”, disse o prefeito Rubens Bomtempo, lembrando que esteve no Ministério das Cidades e na Caixa Econômica Federal diversas vezes, participando de reuniões e cobrando a retomada dos trabalhos.

Na tarde de ontem, Bomtempo visitou o canteiro de obras no Vicenzo Rivetti e ficou animado com o que viu. A suplementação dos recursos, necessária à retomada do contrato, foi anunciada pelo ministro no dia 24 de novembro, possibilitando, enfim, a contratação de nova empresa para a realização do empreendimento. “Se o cronograma inicial das obras tivesse sido cumprido, hoje o Conjunto Habitacional do Vicenzo Rivetti já poderia estar sendo entregue às famílias. Temos na cidade muita gente esperando por essas casas”, completa.

Este é o mais importante empreendimento habitacional do município e permitirá sensível redução no déficit habitacional da cidade. Segundo informações divulgadas pelo Ministério das Cidades, em todo o Brasil serão retomadas as obras para construção de 7.127 unidades habitacionais que estavam paralisadas na faixa 1 do programa Minha Casa, Minha Vida. Ao todo, 16 municípios de nove estados serão beneficiados.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI