ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

PROCURADORIA ENTREGA À JUSTIÇA INFORMAÇÕES SOBRE O 13º SALÁRIO

O procurador Geral do Município, Marcus São Thiago, protocolou ontem (5/11) junto ao Juízo da 4ª Vara Cível a documentação referente aos valores do 13º salário dos servidores, solicitada em ação movida pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Petrópolis (Sisep). As informações, relativas ao pagamento da 1ª e da 2ª parcelas do abono, foram colhidas junto à administração direta e indireta.

“Estamos trabalhando muito para garantir os pagamentos aos servidores. Conseguimos quitar o mês de novembro dentro do prazo, mas infelizmente não conseguimos os recursos necessários ao pagamento do 13º salário. Nunca atrasamos o salário dos servidores e sempre pagamos o abono antecipadamente, mas neste ano a grave crise financeira nacional e a falência do Governo do Estado nos levaram ao limite”, lembrou o procurador, frisando que a situação de Petrópolis é conseqüência do caos no Rio de Janeiro e a maior prova disso é que quase todos os municípios fluminenses estão tendo as mesmas dificuldades.

“Vários municípios começaram a parcelar salários ainda no meio do ano. Em Petrópolis isso só não aconteceu porque fomos responsáveis e cortamos na carne. Há mais de um ano estamos tomando duras medidas para conter os gastos. Foi isso que nos permitiu chegar até aqui. Fizemos e vamos continuar fazendo tudo o que estiver ao nosso alcance para assegurar os salários e o 13º dos servidores. Essas são nossas prioridades”, garantiu Marcus São Thiago.  

No final do dia, o Juízo da 4ª Vara, determinou o arresto dos valores informados pela Procuradoria nas contas da Prefeitura. “Tão logo se dê o bloqueio dos valores, a Prefeitura ficará responsável pela operacionalização do efetivo pagamento dos servidores junto à instituição financeira em que vêm recebendo mensalmente seus salários “Já estamos tomando todas as medidas necessárias para operacionalizar o pagamento”, finalizou o procurador.