PESQUISA POR MATÉRIAS

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

SECRETARIA DE SAÚDE OFICIA MINISTÉRIO PARA REGULARIZAR REPASSES

O secretário de Saúde, Ricardo Patulea, oficiou o Ministério da Saúde a regularizar os repasses do Bloco de Alta e Média Complexidade. O último envio de recursos aconteceu em novembro, e a previsão é que os cerca de R$ 8,5 milhões fossem depositados pelo governo federal no dia 10 de dezembro. Os valores são para pagamento de prestadores como Hospital Clínico de Corrêas, Hospital Santa Teresa e Centro de Terapia Oncológica (CTO), além das duas Unidades de Pronto Atendimento (UPAS) Centro e Cascatinha. 

“Estamos em um grave momento de crise devido ao calote do governo do Estado que deve ao município, só na área da saúde, cerca de R$ 25 milhões. Agora, estamos com esse atraso do governo federal para pagamento dos serviços de alta e média complexidade. Vivemos um momento de total quebra do pacto federativo, onde os municípios são os principais prejudicados”, lamentou o prefeito Rubens Bomtempo.

 “No ano passado o governo federal também atrasou os repasses do bloco MAC, repassando apenas 70% do valor total. Os outros 30% foram repassados apenas em janeiro deste ano”, disse o secretário de Saúde.

 O atraso no repasse foi denunciado também na última reunião ordinária de 2016 do Conselho Municipal de Saúde (Comsaúde), realizada na última terça-feira (13/12). “É importante que os conselheiros tenham ciência das dificuldades que o município está enfrentando para fechar as contas. Já temos um calote de mais de R$ 25 milhões do governo do Estado e agora mais este atraso por parte da União. É um momento muito delicado que estamos vivendo”, disse o secretário de Saúde.