segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

ACUSADO DE CRIME AMBIENTAL É ENCAMINHADO PARA A DELEGACIA

Ação aconteceu entre agentes da secretaria de Meio Ambiente e o Grupamento de Proteção Ambiental (GPA) da Guarda Civil | Divulgação
Agentes de fiscalização da secretaria de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, junto com o Grupamento de Proteção Ambiental (GPA) da Guarda Civil, encaminharam para a 105ª Delegacia de Polícia, no Retiro, um homem acusado de cortar sete árvores sem prévia autorização na Rua E, no Samambaia, nesta sexta-feira (28.01). Os fiscais chegaram ao local após denúncias de moradores.

"É importante ressaltar que o direito ao Meio Ambiente ecologicamente equilibrado é difuso, de todos nós, e incumbe ao Poder Público e a coletividade o dever de defendê-lo e preservá-la para as presentes e futuras gerações, como determina a Constituição Federal", disse o futuro secretário de Meio Ambiente, Fred Procópio.

Os fiscais confirmaram a supressão da vegetação e o corte raso do terreno, sem autorização da Secretaria de Meio Ambiente, contrariando o que determina a legislação em vigor. O acusado vai responder por crime ambiental.

"Nossa cidade é coberta de áreas de preservação e mata atlântica. O setor de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente vai atuar para evitar ao máximo crimes como esse. Contamos também com a ajuda da população na hora da denúncia", disse Fred.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

PESQUISA POR MATÉRIAS