ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

ATUAÇÃO DE AGENTES DE TRÂNSITO NO TREVO DE BONSUCESSO É APROVADA POR MOTORISTAS

Iniciativa será expandida para áreas de retenções como a Duas Pontes
A atuação dos agentes da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans) no Trevo de Bonsucesso já vem sendo sentida por quem utilizam diariamente o trecho. Com o resultado, elogiado por motoristas e pedestres, a intenção é expandir o serviço para outros pontos considerados críticos, como as Duas Pontes. Atualmente, engenheiros e agentes estão trabalhando no projeto para área de entroncamento da Washington Luiz, Coronel Veiga, Saldanha Marinho e Gonçalves Dias.

As ações fazem parte das iniciativas de alto impacto e baixo custo anunciadas durante a Conferência de Trânsito e Transportes (CPTrans), no fim de janeiro. A iniciativa consiste em colocar três agentes orientando o trânsito entre 16 e 19h – horário de pico. No caso de Bonsucesso e Itaipava, durante a intervenção dos agentes, o semáforo em frente a uma padaria em Bonsucesso fica intermitente e os profissionais garantem não só mais fluidez do trânsito, mas também a segurança dos pedestres.
 
 “A maior dificuldade que o morador dos distritos tinha para acessar o Centro acontecia no Trevo de Bonsucesso. Trouxemos três agentes para ajudar no trânsito, colocando o sinal intermitente e, com isso, estamos conseguindo que o trânsito flua nessa região. Os motoristas de ônibus, sem dúvida nosso melhor termômetro, têm elogiado a iniciativa.Tenho acompanhado a ação de perto e recebido feedback positivo de quem utiliza o trecho todos os dias”, destacou o diretor-presidente da CPTrans, Maurinho Branco.

     O engenheiro civil Tomás Gonçalves, de 27 anos, passa pelo trecho diariamente por volta das 18h para levar à mulher à faculdade, no Centro. Ele diz que ficava, em média, 20 minutos agarrado no trevo de Bonsucesso, mas que, desde a semana passada, não leva nem 3 minutos para passar pelo mesmo trecho. “É uma diferença absurda. Precisávamos sair mais cedo de caso para que ela não chegasse atrasada às aulas. Agora ganhamos um tempinho de descanso”, comemorou.
 
Morador de Bonsucesso há 20 anos, o professor de 33 anos, Marcos Eduardo Rodrigues, fez questão de agradecer a mudança realizada no local pela CPTrans. “Eu acho ótimo, fazia tempo que ninguém dava atenção a essa área, mesmo sendo um ponto tão importante no deslocamento para e a partir dos distritos. O trânsito está fluindo muito melhor que antes. Uma solução que dependeu da boa vontade, que muitos nunca tiveram”, elogiou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente esta notícia