| CIDADE

FIQUE EM DIA: CONTRIBUINTES TÊM ATÉ O DIA 31 PARA REGULARIZAR DÉBITOS COM A PMP

Negociações podem ser feitas de segunda a sábado, das 9h às 16 | Divulgação Com estrutura especial de atendimento montada no clube Petr...

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

COMDIM DEBATE REALIZAÇÃO DE MAMOGRAFIAS E AÇÃO SOCIAL NO DIA DA MULHER EM PETRÓPOLIS


O andamento dos procedimentos de mamografia no município, a construção de uma ação social em comemoração ao Dia Internacional da Mulher e a criação de um Fundo da Mulher foram alguns dos assuntos debatidos na reunião do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (Comdim), que aconteceu na tarde de terça-feira (14.02), na Casa dos Conselhos Augusto Ângelo Zanatta, com a presença de 30 pessoas.


A nova coordenadora do Centro de Referência à Mulher (CRAM), Raquel Gonçalves, foi apresentada oficialmente ao conselho e falou sobre as novas ações que pretende implantar, do trabalho feito até o momento.

“Vamos despolitizar o CRAM, queremos que o órgão tenha uma atuação técnica, de equipe e não de uma pessoa só. Estamos também produzindo um relatório estatístico de atendimentos, com o perfil de quem busca ajuda no órgão. Temos que preconizar ações mais ativas nas comunidades e criar um vínculo maior com as mulheres dessas localidades. Precisamos estabelecer essa confiança mútua, para que muitas dessas mulheres procurem nossa ajuda”, disse.

Sobre as comemorações do Dia Internacional da Mulher, Raquel falou que “durante toda semana vamos promover ações direcionadas para as mulheres, e no dia 8 de março acontecerá uma ação social, que será feita, provavelmente na Praça Dom Pedro”, completa.
Para a resolução dessa demanda, foi criada uma comissão que elaborará o projeto, formado por dois representantes do governo municipal e dois da sociedade civil.

Sobre as mamografias realizadas no município, a conselheira Ana Cristina Coelho Mattos, destacou que apesar do maquinário do Centro de Saúde estar passando por uma revisão, não existe demanda reprimida para o exame.

“No Hospital Alcides Carneiro são realizadas 486 mamografias por mês e o laudo está saindo em no máximo 20 dias, assim como os exames. A rede está coberta. O que acontece é que nos postos de saúde a paciente precisa saber se o pedido do exame foi inserido no sistema. Falta informação em alguns momentos dentro dessas unidades. Mas de uma maneira geral, o atendimento está satisfatório”, pontua.

A utilização do ônibus lilás também fez parte da roda de debate do encontro. Muitas conselheiras disseram as mulheres muitas vezes não acessam os serviços oferecidos por medo de serem identificadas pelos maridos agressores.

“O medo de revelar as agressões feitas pelo companheiro leva as mulheres a se afastar do trabalho que é levado até a comunidade. Nas áreas centrais da cidade, com pessoas de todos os níveis, essa ação é facilitada.Em locais onde todos se conhecem, fato que acontece dentro das comunidades, a mulher tem receio de ser atendida”, explica a presidente do Comdim, Luciana Périco.
Outros temas levantados durante a reunião foi a possível criação de um Fundo do Conselho da Mulher e a especificação de que 95% dos casos a mulher sofre violência física e muitas vezes as questões que envolvem assédio moral e violência psicológica não são registradas.


O que é o Comdim
O Comdim é um órgão de caráter permanente, com competência propositiva, consultiva, fiscalizadora, normativa e deliberativa, no que se refere às matérias pertinentes aos Direitos das Mulheres. Em Petrópolis, o Comdim é composto por 12 entidades e órgãos, sendo seis representantes do governo municipal, duas da sociedade civil e quatro de associações de moradores ou entidades que as congreguem.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI