ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

CPTRANS REALIZA PESQUISA SOBRE MOBILIDADE URBANA COM USUÁRIOS

Com o objetivo de identificar o grau de satisfação e buscar junto à população opiniões para ajudar a solucionar os problemas de mobilidade, a Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans) está realizando uma pesquisa para avaliar o impacto dos serviços frente à população. A intenção é saber de que forma a população percebe a influência do trabalho da companhia e também formar indicadores para acompanhar a melhoria dos serviços ao longo dos anos.


O questionário pode ser respondido de duas maneiras: por meio de entrevistas junto aos profissionais da CPTrans, que estão devidamente identificados nas ruas do município e pelo site da companhia, no link http://www.petropolis.rj.gov.br/cpt/. Nele constam perguntas sobre o deslocamento, meios de transportes, valores das tarifas, além de informações sobre as competências que cabem à companhia.

“Essa pesquisa vai nos ajudar a identificar como a CPTrans é vista e quais são os principais pontos que afetam o dia a dia dos usuários no que diz respeito à mobilidade de Petrópolis. Com os resultados faremos um trabalho mais efetivo, que realmente vai beneficiar a população e se mostrará efetivo no trânsito e no transporte”, explicou o diretor-presidente da companhia, Maurinho Branco.

Apesar da pesquisa ainda em execução, anseios antigos da população vêm sendo atendidos pela companhia. Exemplo disso é a colocação de nova sinalização vertical e horizontal na Washington Luiz, que será realizada na madrugada desta terça-feira (14.02). Além disso, a CPTrans já pintou mais de 50 faixas de pedestres em toda a cidade com material antiderrapante e revitalizou parte da sinalização do Centro Histórico.

Na última semana, a CPTrans deu início ao processo de melhorias de trânsito no Trevo de Bonsucesso, colocando dois agentes e dois controladores viários nos horários de pico. A atuação dos agentes nos testes feitos pela companhia já vem apresentando bons resultados para as centenas de pessoas que utilizam aquele trecho todos os dias. Agentes também estão distribuídos em pontos em que o tráfego é mais intenso.

Com a volta às aulas, a Companhia solicitou, ainda, o acréscimo de 36 veículos na frota de coletivos transitando no município e que foram suprimidos nos meses de janeiro e fevereiro. Também colocou 125% de agentes de trânsito a mais nas ruas desde o último dia 1º. Os coletivos também estão sendo fiscalizados. Na última ação dos fiscais da CPTrans, 219 notificações foram emitidas às permissionárias.