quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

EMPRESAS JÁ ARTICULAM COM PREFEITURA PARA SE INSTALAR EM PETRÓPOLIS


Investidores e empreendedores interessados em se instalar em Petrópolis têm sido recebidos pelo prefeito Bernardo Rossi e equipe da Secretaria de Desenvolvimento Econômico.  Já estão sendo apoiadas, com informações e tramitação de processos de instalação, empresas de construção civil, cervejaria, call center, produtos odontológicos, T.I e de comércio atacadista.  Nesta terça-feira (07.08), acompanhado do titular da pasta em Petrópolis, Marcelo Fiorini, Bernardo Rossi se reuniu com a secretária de Estado de Desenvolvimento Econômico, Dulce Ângelo. Além da captação de empresas, o estado vai apoiar a atração de negócios de acordo com as vocações da cidade, a expansão do pólo cervejeiro e identificação de áreas para desenvolvimento de incentivos fiscais. 

Os novos negócios, em fase de estruturação, serão divulgados quando houver confirmação de aporte na cidade.
“Uma série de possibilidades de ferramentas atrativas para novas empresas começaram a ser levantadas com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico. Baseada na vocação econômica da cidade, as tradicionais, como o Turismo, e as mais recentes como a TI, têm recebido apoio do estado mostrando as vantagens de Petrópolis para os negócios e fazendo a aproximação com a administração municipal”, afirma o prefeito.

“Há um leque de oportunidades que podemos usar em apoio, transferência de conhecimento e parcerias. É importante esta sinergia com todas as esferas e já conseguimos avançar”, completa Fiorini.

“Petrópolis tem enorme potencial e estamos à disposição para, além de fazer a ponte entre empresas que buscam o estado e a cidade, identificar mecanismos que ajudem o desenvolvimento da economia do município”, antecipa Dulce Ângelo.

A estratégia de geração de emprego e renda é recepcionar novos negócios oferecendo apoio e infraestrutura aos empreendedores. Um dos mecanismos é o Espaço do Empreendedor, que vai passar a oferecer contadores e técnicos de secretarias envolvidas na abertura de novos negócios para facilitar e melhorar o acesso dos empresários.

A reformulação do serviço prevê um posto da Secretaria de Fazenda com um fiscal plantonista que tirará dúvidas e vai orientar a parte contábil, além de dar suporte aos Microempreendedores Individuais (MEI) e providenciar a emissão da Nota Imperial. No mesmo local, eles terão acesso a serviços oferecidos por outros departamentos, como Meio Ambiente, Secretaria de Obras, protocolo geral e poderão, ainda, realizar solicitação de incentivos fiscais.

“Estamos estendendo o tapete vermelho para as empresas. Consideradas as questões ambientais e de preservação, a missão é facilitar ao máximo a instalação dos novos negócios e identificar as oportunidades que podemos captar em projetos, e programas das esferas estadual e federal”, aponta Marcelo Fiorini.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

PESQUISA POR MATÉRIAS