segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

PREFEITURA VAI MUNICIPALIZAR ESTRADA NO QUITANDINHA


A prefeitura vai municipalizar o trecho compreendido entre o pórtico de entrada da cidade e a Ponte Fones, no Quitandinha. Ela está sob domínio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), mas não integra o Sistema Nacional de Viação. Por isso, o governo está finalizando os trâmites burocráticos para passar a ser o responsável pelos cerca de dois quilômetros entre a Av. Ayrton Senna e a General Rondon. Com isso, o local pode ter um desenvolvimento econômico acelerado.


Os empreendimentos que já existem na região precisaram de autorização junto ao Dnit, uma burocracia a mais que atrasa o desenvolvimento da região. O projeto de um hotel próximo ao Hotel Quitandinha, por exemplo, está parado por exigências do Dnit.

“O município precisa acelerar a retomada do seu desenvolvimento econômico e a melhor forma é utilizar os espaços urbanos já infraestruturados, como no caso do Quitandinha. Nessa região há terrenos planos, com ótimas localizações que podem servir para a edificação de hotéis, lojas, restaurantes e demais equipamentos urbanos estimuladores do turismo, do comércio e do serviço”, ressalta o secretário de Obras, Ronaldo Medeiros.
Outro ponto que torna a municipalização do trecho importante é a ligação Bingen-Quitandinha e transformação da atual subida da serra em estrada-parque.

“Embora a obra de subida da serra esteja parada, a previsão é que, quando estiver concluída, o fluxo de entrada na cidade fique dividido entre o Bingen e o Quitandinha. A região vai precisar e poderá atrair mais investimentos”, comenta o secretário.

Outra vantagem será a possibilidade de realizar uma melhor manutenção viária. Hoje, qualquer melhoria deve ser realizada pelo Dnit. Já com a municipalização, a resposta poderá ser mais rápida em caso de necessidade de  intervenções na pista ou sinalização do trecho.

Intervenções das concessionárias que atendem Petrópolis também serão mais facilitadas, já que eventuais obras serão tratadas diretamente com a prefeitura, sem precisar  ir ao órgão federal.

A municipalização está em fase de elaboração de proposta e aguarda a oficialização da transferência da estrada para esse ano ainda. No entanto, a prefeitura já recebeu uma sinalização positiva do Departamento sobre o assunto.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

PESQUISA POR MATÉRIAS