ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

PRINCÍPIO DE INCÊNDIO NA ALERJ CANCELA REUNIÃO SOBRE VENDA DA CEDAE


Do Jornal do Brasil - 

Na manhã desta segunda-feira (13), a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) sofreu um princípio de incêndio em seu primeiro andar. O plenário e a sala de imprensa foram tomados pela fumaça e bombeiros foram acionados. Funcionários foram retirados da Casa e não foram registrados feridos. Ainda não se sabe o que causou o incêndio.


O princípio de incêndio causou o adiamento da reunião do Colégio de Líderes, que iria discutir as emendas do projeto de lei que autoriza a negociação das ações da Cedae. A reunião, que seria realizada nesta segunda-feira, foi remarcada para esta terça-feira (14), quando está prevista também sua votação.

A venda da Cedae é condição da União para assinar o plano de recuperação e servirá de garantia para a concessão de um empréstimo de R$ 3,5 bilhões ao estado do Rio.

Protesto termina em confronto com a polícia
Os debates na Alerj em torno do pacote apresentado pelo governo do Estado para combater a crise tem sido marcado pela tensão e pelo impasse. Na quinta-feira (9), protesto de servidores que são contra a privatização da Cedae terminou em confronto com policiais. A região no entorno da Alerj foi bloqueada para o trânsito e para pedestres. O comércio foi fechado por medida de segurança e o funcionamento do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), que trafega entre a Rodoviária Novo Rio e o Aeroporto Santos Dumont, também foi suspenso.