PESQUISA POR MATÉRIAS

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

VIAGENS PELO MUNDO VIRAM TEMA DE EXPOSIÇÃO NO CENTRO CULTURAL ESTAÇÃO NOGUEIRA

           
Três paixões sintetizadas em um trabalho. Assim é a exposição “Viagens pelo mundo da artista”, uma homenagem à restauradora e artista plástica Elizabeth Watkins que será inaugurada neste sábado (04), no Centro Cultural Estação Nogueira. A mostra reúne as duas paixões de Bety Watkins, como era conhecida: suas viagens que foram retratadas em pinturas, e a paixão do marido, Mário Márcio Costa de Paula, quem idealizou a exposição para homenagear a amada após sua morte recente, em novembro do ano passado. A mostra será aberta às 18h e a visitação, que é gratuita, poderá ser feita de segunda a sexta-feira, de 9 às 17h, e aos sábados, de 9 às 15h.

 “Nada mais justo que homenageá-la com coisas que ela amava fazer, viagem e arte, e em um local especialmente querido por ela e por nós, Nogueira e particularmente o Centro Cultural, que ajudamos a resgatar e restaurar. Escolhemos o tema “viagens” justamente por ela gostar muito e sempre expressar essas experiências nas telas quando retornava de cada viagem”, recordou Mário.

Apesar do trabalho eclético da artista, um acervo de cerca de 500 obras, serão expostas 10 pinturas de óleo sobre tela que revelam o olhar de Bety nas vivências e lugares por onde passou, alguns deles onde trabalhou, como a Suíça.

“Ela era muito eclética, gostava de pintura, airbrush, colagens e fotografia, outra paixão dela. Esses trabalhos que vamos mostrar revelam as lembranças dela das viagens que fez, na Suíça, China, Egito e outras. Ela sempre tinha essa criatividade borbulhante quando voltava de cada viagem para recriar nas telas”, comenta o marido, que por 33 anos dividiu com ela a vida e suas paixões.

Formada em Belas Artes pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), a carioca BetyWatkins também tinha extenso e renomado trabalho em restauração, mais uma de suas muitas paixões. Morou na Suíça por 10 anos, onde restaurou obras de arte e igrejas, e também na França por três anos. Seus trabalhos como artista plástica foram expostos por todo o país – RJ, SP, João Pessoa, Porto Seguro e Petrópolis, cidade que escolheu como sua por 30 anos.

Na cidade serrana, Bety criou vínculo sentimental especial com a localidade de Nogueira, onde morou nesse período. Além da atenção e cuidado com o resgate e restauração do Centro Cultural Estação Nogueira, que acompanhou de perto, também marcou o trabalho que realizou com estudantes da região ao passar suas experiências pelo mundo e arte para esse público.
 Com curadoria da restauradora e também amiga de Bety Watkins, Dulce Maya, a exposição “Viagens pelo mundo da artista” estará em cartaz durante todo o mês no Centro Cultural Estação Nogueira. A entrada é franca.


Serviço
Exposição “Viagens pelo mundo da artista”, homenagem a Bety Watkins
Onde: Centro Cultural Estação Nogueira, que fica na Av. Leopoldina nº 317, Nogueira
Quando: de 4 de fevereiro a 4 de março de 2017; inauguração sábado às 18h
Visitação: de segunda a sexta-feira, de 9h às 17h, e aos sábados, de 9 às 15h
Quanto: Gratuito
Informações: (24) 2237-3860