ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

quinta-feira, 23 de março de 2017

"AÇÃO RURAL PRODUTOR LEGAL" VAI OFERECER ORIENTAÇÃO EM PETRÓPOLIS

Oferecer orientação sobre a legalização das atividades agrícolas através do projeto “Ação Rural Produtor legal”. Com essa intenção, o diretor do departamento de Agricultura da secretaria de Desenvolvimento Econômico, Celso Albuquerque se reuniu com associações de produtores rurais e representantes da EMATER nesta semana. A previsão é de que em maio o projeto seja iniciado nas comunidades rurais.


A ação Rural Produtor Legal está integrada com as ações do Espaço Empreendedor, do departamento de Desenvolvimento Econômico. A iniciativa consistirá em disponibilizar durante um dia, uma equipe técnica em uma associação de produtores com o objetivo de orientá-los, inclusive sobre o cadastramento ambiental rural, fundamental para que os produtores tenham acesso a programas como o Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) que financia projetos individuais ou coletivos, que gerem renda aos agricultores familiares e assentados da reforma agrária. O programa possui as mais baixas taxas de juros dos financiamentos rurais, além das menores taxas de inadimplência entre os sistemas de crédito do país.

“Queremos apoiá-los mostrando de que forma a legalização das atividades pode beneficiar a sua produção e o aumento das vendas, além da questão previdenciária. Também buscaremos capacitações para que cada produtor alcance o resultado de produção desejado”, disse o secretário de Planejamento, Meio Ambiente e Desenvolvimento, responsável pela área, Marcelo Fiorini,

A importância da emissão de notas fiscais também será destacada. “É importante mostrar para os produtores que, com as notas fiscais, eles podem passar a vender os seus produtos para outros clientes, como hotéis e restaurantes. Temos relatos de produtores que já passaram pelo curso de empreendedorismo do Sebrae e obtiveram ótimos resultados no crescimento das vendas”, explica Celso Albuquerque.

A primeira ação está prevista para ocorrer em maio e vai contar com a participação de técnicos da EMATER, INSS/Previdência Social, Sebrae, SENAR, Prefeitura de Petrópolis, Banco do Brasil, além de outras entidades (cooperativas e ONGs ligadas ao setor rural). As ações ocorrerão nas áreas rurais do município, iniciando pelo Brejal. A intenção é de que as ações ocorram mensalmente até cobrir todas as nove localidades das Associações de Produtores Rurais.

“Os produtores poderão incrementar seus conhecimentos ter contato com novas técnicas de produção, de administração e de vendas”, explicou Jarbas Braga Neto, assessor técnico do Departamento de Agricultura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente esta notícia