ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

terça-feira, 21 de março de 2017

EQUIPES DA CAMPANHA "XÔ MOSQUITO" ENCERRAM PROGRAMAÇÃO NAS CRECHES

Os agentes da Defesa Civil seguem apoiando a Secretaria de Saúde na campanha de vacinação contra a febre amarela
As equipes da Secretaria Municipal de Defesa Civil terminaram na segunda-feira (20) as visitas da campanha “Xô Mosquito” nas creches particulares. Dessa forma, os agentes cumpriram o cronograma inicial de 69 Centros de Educação Infantil (CEIs), 14 abrigos de idosos e mais quatros creches, chegando a mais de quatro mil pessoas, entre crianças e adultos.A campanha, que envolve as secretarias de Educação, Saúde e Defesa Civil no combate ao vetor transmissor da dengue, zika e chikungunya, segue com os agentes de endemias que estão vistoriando imóveis em todo o município. Até o momento, eles já passaram por mais de 21 mil residências e identificaram 353 possíveis focos das doenças.

“O saldo é positivo. Passamos por todos os CEIs, abrigos de idosos e pelas creches particulares que solicitaram a nossa visita. Recebemos cartas e cartazes de agradecimento, além do carinho de toda a população petropolitana. O mais importante é que conseguimos cumprir com toda a programação”, diz o secretário de Defesa Civil, coronel Paulo Renato Vaz.

Com o apoio de um piloto profissional, os agentes da Defesa Civil contaram com um drone, que registrou imagens aéreas de calhas e telhados dos imóveis. A partir disso, focos do aedes aegypti eram identificados e prontamente retirados. O trabalho foi realizado graças a uma parceria com Jorge Coelho, dono do equipamento. “Aceitei ajudar por causa da seriedade da Defesa Civil. O mais importante é a divulgaçãoda campanha, ensinando como acabar com o mosquito”, disse ele.

Após as visitas da campanha “Xô Mosquito”, as equipes da Defesa Civil estão mobilizadas apoiando a Secretaria de Saúde na campanha de vacinação contra a febre amarela. No domingo (19.03), o secretário anunciou também a ajuda do Exército, Aeronáutica e Cruz Vermelha às ações.

“Eles nos apoiarão com o envio de técnicos de enfermagem para auxiliar na aplicação das vacinas. Nós estamos integrados com a Saúde desde o início da campanha Xô Mosquito e manteremos a parceria nesta articulação de prevenção contra a febre amarela”, afirma Paulo Renato.