ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

quinta-feira, 13 de abril de 2017

FISCALIZAÇÃO GARANTE QUALIDADE NA FEIRA DO PESCADO

A Vigilância Sanitária está realizando nesta quarta-feira (12) fiscalização de cunho educativo na Feira de Pescados para assegurar qualidade nos produtos vendidos. A iniciativa visa garantir que os alimentos ofertados estejam acondicionados de maneira adequada e dentro das normas de consumo preconizadas pela Anvisa. Além disso, estão sendo distribuídos aos feirantes, folhetos com os cuidados que o consumidor deve ter na hora da compra, para serem afixados nas barracas.


A atuação dos fiscais também ocorrerá na quinta (13) e na sexta-feira (14). Além da feira, os supermercados também receberam nesta quarta-feira (12.04) a visitas dos fiscais. Em uma das vistorias, por exemplo, eles orientaram o gerente quanto a pescados devolvidos pelos clientes, ou seja, que foram colocados no carrinho de compras, descongelaram, mas não foram levados. Três quilos de peixes embalados com tais características precisaram ser descartados, já que, ao descongelar, o alimento perde suas propriedades nutritivas.

“Esse tipo de ação deve ser feito para garantir ao consumidor a qualidade no produto que é levado para casa. Sendo assim, temos uma nova forma de abordagem da Vigilância Sanitária, que promove essa questão ecom a intenção de uma oferta de produtos mais seguros e de melhor qualidade sanitária para a população. Essa é a nova vertente adotada pela Saúde, que visa sempre o cuidado com a população”, destaca o secretário de Saúde, Silmar Fortes.

Feirante há mais de 20 anos e há 10 trabalhando vendendo peixes nesta época do ano, Sandra Garcia diz que a orientação dos profissionais é extremamente importante para que os produtos vendidos estejam com a qualidade necessária para os clientes. “Eles explicaram, por exemplo, que as placas com os preços não devem ficar em cima dos peixes, que eles devem sempre ser mantidos refrigerados, sobre como devemos manipulá-los, as roupas, além da orientação para que os próprios clientes”, listou.

Já a dona de casa Fernanda Araújo de Motta, moradora do Valparaíso, disse que vai utilizar o peixe para uma receita cujo preparo demora dois dias. “Por isso preciso comprá-lo ainda no primeiro dia. É uma receita de família elaborada, mas tradicional na nossa casa na época da Páscoa. Aqui na feira sempre encontro os peixes fresquinhos e com ótima qualidade, além disso eles têm ótimos preços”, elogia.

A feira ocorre desde o início dos anos 70. De acordo com os feirantes os produtos mais comercializados são: sardinha, cavalinha, corvina, salmão, files de merluza, namorado, cação e camarão. Os produtos chegam do Ceasa/RJ e são comercializados no mesmo dia. Nesta quinta o funcionamento é de 6 às 22h e na sexta-feira de 6 às 13h.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente esta notícia