quinta-feira, 6 de abril de 2017

LEI MUNICIPAL QUE OBRIGA CONCESSIONÁRIAS A PLANTAR ÁRVORES SERÁ COLOCADA EM PRÁTICA

A coordenadoria do Meio Ambiente, em parceria com o Instituto Nova Economia do Brasil (INEB), vai colocar em prática a Lei Municipal que estabelece obrigatoriedade, por parte das concessionárias de automóveis, plantar uma árvore para cada veículo zero quilômetro vendido na cidade. Em média, segundo o estudo apresentado pelo Instituto, são vendidos, 300 carros desse tipo por mês na cidade. A ideia é que o INEB monitore o número ao lado das empresas e faça a manutenção das árvores, sempre apresentando um relatório do trabalho ao órgão público. 

O coordenador e futuro secretário de Meio Ambiente, Fred Procópio, recebeu os representantes do INEB no Centro Administrativo da Prefeitura para discutir a execução da Lei. “Essa é uma Lei Municipal de 2010, mas que nunca foi colocada em prática. Em um ano, por exemplo, seriam 3.600 novas árvores na cidade. A ideia é plantar em locais públicos, como nas praças e nos parques municipais”, disse.

O presidente do INEB, Marco Palermo, explicou como vai funcionar a parceria. “A ideia é bastante simples: nossas equipes assumiriam o monitoramento e a execução do plantio e manutenção das árvores, assim como apresentar um relatório sobre as atividades que estão sendo realizadas”, afirma.
Segundo Cleveland Jones, vice-presidente do INEB e que atua na causa ambiental da cidade há 15 anos, o projeto parece pequeno, mas trará benefícios ao longo dos anos.

“Pode parecer pouco você plantar 300 ou 400 árvores por mês. Mas se fizermos essa conta ao longo dos anos, os números começam a chamar a atenção. Os benefícios são diversos, já que as árvores são indispensáveis na natureza por possuírem diversas finalidades. Elas auxiliam na purificação e umidade do ar, pois agem como sequestradoras de CO2, capturando gases tóxicos e devolvendo oxigênio para a atmosfera. Além disso, as árvores trazem outros benefícios para vários ecossistemas e espaços públicos”, explica.

Fred Procópio ainda disse que o governo está atento as causas ambientais do município. “Como foi a determinação do prefeito Bernardo Rossi, estamos dando toda atenção aos projetos que buscam melhorar a qualidade de vida dos petropolitanos”.  

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

PESQUISA POR MATÉRIAS