quarta-feira, 5 de abril de 2017

PREFEITO VISITA CENTRO DE CIDADANIA E CRAS DO MADAME MACHADO

Garantir a assistência social, promover a inclusão digital e oferecer mais opções de lazer e qualidade de vida são as propostas da reestruturação realizada pela prefeitura, por intermédio da Secretaria de Assistência Social, no CRAS Madame Machado e no Centro de Cidadania Desembargador Jorge Loretti, em Itaipava. Em visita às unidades, nesta quarta-feira (05), o prefeito Bernardo Rossi, acompanhado da secretária de Assistência Social, Denise Quintella, projetou as ações futuras para os espaços que juntos atendem cerca de 250 pessoas por dia.

O Centro de Cidadania passou por uma reorganização que ampliou os serviços ofertados com a emissão de carteira de trabalho, balcão de empregos, além de um curso de inclusão digital para idosos e baile da terceira idade.Está em fase de negociação a instalação de um posto de atendimento da concessionária Enel (antiga Ampla) e do Procon.

“É uma satisfação perceber que Centro de Cidadania tornou-se uma opção de lazer para os idosos que estão participando do baile e do curso. Me surpreendi vendo que há alunos de outros bairros como Quitandinha, Carangola e Corrêas. Então para reforçar a nossa proposta de governo, vamos olhar com carinho para outras unidades para implementarmos o mesmo projeto e assim garantir que mais pessoas possam desfrutá-lo”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.

Com uma média de 300 atendimentos por mês, o CRAS do Madame Machado, além de prestar todo o atendimento com psicólogos, pedagogos e de assistência social, também abriga uma brinquedoteca e uma sala de informática.

Cozinheiro aposentado, Jair Maurício, 63 anos, que faz curso no local, abordou o prefeito e se ofereceu como voluntário. “Tenho disposição para ensinar panificação, uma profissional para os jovens. Gosto muito do trabalho e atenção daqui”, afirmou.

A secretária da pasta, Denise Quintella, já está em negociação junto à Associação de Moradores do bairro para ativar a cozinha comunitária localizada na sede da associação.

“Colocamos, com o apoio da direção de Ciências e Tecnologia, cinco computadores para funcionar. As famílias assistidas pelo CRAS poderão utilizar as máquinas para fazer algum trabalho ou curso. Estamos buscando viabilizar a conectividade. Nosso projeto prevê uma aproximação com a associação de moradores para podermos ativar a cozinha comunitária e realizar cursos profissionalizantes”, anuncia Denise Quintella.O presidente da Associação de Moradores, Amilton
da Silva Oliveira, destaca que a parceria junto a gestão pública trará benefícios não só para os assistidos pelo CRAS, mas para toda a comunidade.

“É uma alegria muito grande receber o prefeito e a secretária aqui.Isso mostra o compromisso deles com a nossa comunidade. A sala de informática estava fechada desde o ano passado. Mais de 30 crianças freqüentavam esse espaço para fazer os trabalhos de escola, então é muito bom poder vê-lo em funcionamento novamente”, disse Amilton da Silva Oliveira.
Acompanharam a visita às unidades, o vice prefeito Albano Filho (Baninho), o presidente da Câmara de Vereadores, Paulo Igor; o secretário de Saúde, Silmar Fortes, e o diretor de Ciência e Tecnologia, Darlan Mendes. .

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

PESQUISA POR MATÉRIAS