PESQUISA POR MATÉRIAS

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

quinta-feira, 6 de abril de 2017

PROJETO DE REFORMA ADMINISTRATIVA É PROTOCOLADO NA CÂMARA

O projeto da reforma administrativa, que redimensiona a estrutura da máquina pública com a reorganização de cargos, atribuições e pastas da administração direta e indireta, foi entregue ao presidente da Câmara de Vereadores, Paulo Igor, na tarde desta quinta-feira (06.03) pelo secretário Chefe de Gabinete, Renan Campos e pelo coordenador de Gestão Estratégica, Roberto Rizzo. O projeto deve ser analisado e votado na próxima segunda-feira (10.03).

“Queremos oferecer à população um serviço dinâmico e mais eficiente. Essa reforma vai mudar o quadro de morosidade apregoado ao longo desses anos. Dinamismo, transparência e eficiência são as palavras de ordem para definir o que queremos com essa reforma administrativa. Tenho certeza que estamos promovendo uma mudança real no setor, não para os próximos quatro anos, mas para as futuras administrações”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.

A reforma, que teve a chancela da Fundação Getúlio Vargas, apresentou um corte de 180 cargos com gratificações, entre comissionados e funções gratificadas e prevê uma economia de R$ 1,3 milhões. A prefeitura reduziu para 17 a estruturação de máquina entre secretarias e empresas de economia mista e autarquias. A estrutura de cada secretaria passa a ter uma controladoria interna e também um setor de apoio jurídico. Ambas têm o objetivo de melhorar e acelerar o andamento das ações de cada órgão. A reforma administrativa reuniu estudo de três meses com cruzamento de dados e funções dos órgãos e a aplicabilidade da estrutura.

“Os vereadores estão conscientes da importância do projeto e tenho certeza que cada um fará uma análise criteriosa e embasada pelas explanações que foram apresentadas ontem pela equipe do governo. Tenho certeza que todos querem o melhor para a cidade e esse projeto demonstra que o prefeito está trabalhando para melhorar a vida do cidadão que procura o serviço público”, destaca o presidente da Câmara, Paulo Igor.


O novo escopo da administração municipal:

 Administração Direta
Secretaria de Administração
Secretaria de Fazenda
Secretaria de Assistência Social
Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias
Secretaria de Desenvolvimento Econômico
Secretaria de Educação
Secretaria de Obras
Secretaria de Serviços, Segurança e Ordem Pública
Secretaria de Meio Ambiente
Secretaria de Saúde
Turispetro – Departamento de Turismo de Petrópolis
IMCE – Instituto Municipal de Cultura e Esportes de Petrópolis
Controladoria Geral
Procuradoria-Geral

Administração Indireta
 Autarquia
Inpas – Instituto de Previdência e Assistência Social dos Servidores Públicos de Petrópolis

Sociedades de Economia Mista
Comdep – Companhia Municipal de Desenvolvimento de Petrópolis
CPTrans – Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes