| CIDADE

FIQUE EM DIA: CONTRIBUINTES TÊM ATÉ O DIA 31 PARA REGULARIZAR DÉBITOS COM A PMP

Negociações podem ser feitas de segunda a sábado, das 9h às 16 | Divulgação Com estrutura especial de atendimento montada no clube Petr...

terça-feira, 11 de abril de 2017

RESTAURAÇÃO DOS PRINCIPAIS EQUIPAMENTOS DO MUNICÍPIO É META DA CULTURA

A restauração e recuperação de importantes equipamentos do município, como o Palácio de Cristal, Theatro D. Pedro e Biblioteca Municipal, são metas da Cultura para valorização do segmento. Mais do que a importância cultural, as construções têm relevância histórica para a Cidade Imperial e compõem o principal conjunto arquitetônico do município, no Centro Histórico. O Palácio de Cristal será o primeiro a passar por intervenções emergências, prevista para iniciarem neste mês, por meio de parceria entre a Fundação de Cultura e Turismo e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

“Uma cidade que não preserva seus equipamentos e sua história é uma cidade sem memória. Principalmente uma cidade turística e cultural, como Petrópolis. Nossa preocupação desde o início da gestão foi buscar parcerias para dar atenção especial e revitalizar esses equipamentos, que tem valor inestimável para Petrópolis. E o Iphan reconheceu essa importância e já firmou a primeira parceria com a nossa cidade”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.

Um recurso de aproximadamente R$ 100 mil destinado pelo órgão
Um recurso de aproximadamente R$ 100 mil destinado pelo órgão federal vai garantir a reforma emergencial do Palácio de Cristal, palco do principal evento da cidade, a Bauernfest. Prevista para ser iniciada neste mês, a reforma vai concentrar pequenas intervenções de manutenção da estrutura, como limpeza, pintura, troca de vidros quebrados e conserto do telhado. A verba será destinada por meio de um TAC, entre o Iphan e uma empresa privada que deve multa ao órgão federal por ter causado dano a algum bem tombado.

O Theatro D. Pedro e seu anexo, principal palco cultural de Petrópolis, também tem garantido R$ 2,5 milhões para sua restauração, assim como a terceira mais importante do estado e acervo de cerca de 150 mil obras, a Biblioteca Municipal Central Gabriela Mistral também está incluída na prioridade de reformas, com projeto orçado em R$ 3 milhões. O valor inclui a recuperação do acervo de obras raras; digitalização do acervo histórico; recondicionamento das obras; reestruturação de todo o complexo; e também a modernização do sistema; além de material para a unidade.

Os recursos foram solicitados em reunião com o Ministro Gilberto Freire, realizada em janeiro, que também contou com a participação do Iphan. As esferas federais se comprometeram em colaborar com os projetos de Petrópolis, incluindo a restauração do painel de Djanira, que está localizada no salão nobre do Liceu Municipal Cordolino Ambrósio. A obra, tombada pelo Iphan, terá auxílio do próprio órgão na restauração.

“A memória da nossa história e da nossa cultura está representada nesses prédios, que têm importância única para nossa cidade. Entendemos a necessidade de restauração desses equipamentos como prioridade para preservação e conservação não apenas da estrutura física, mas principalmente da origem e cultura de uma população e do próprio país. Por isso estamos trabalhando intensamente na busca de parcerias para a concretização desses projetos, que sao de grande valor para Petrópolis”, frisa o presidente da Fundação de Cultura e Turismo, Leonardo Randolfo.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI