terça-feira, 30 de maio de 2017

MEIO AMBIENTE NOTIFICA DONO DE VEÍCULOS ABANDONADOS NO CAITITU

Uma equipe formada por integrantes da Secretaria de Meio Ambiente e da Guarda Civil, por meio do Grupamento de Proteção Ambiental (GPA) notificou o dono de um ferro velho clandestino localizado no Vale do Caititu nesta quinta-feira (25). O dono das carcaças tem um prazo de 90 dias para fazer a retirada dos carros, caso contrário, ele será multado. Esta semana, o setor de Fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente atendeu 11 denúncias de crimes ambientais, gerando cinco autuações.


De acordo com Fred Procópio, secretário de Meio Ambiente, as denúncias de abandono de veículos na região começaram a chegar no mês passado.

“Desde o início do ano, estamos atuando para acabar com essa história de veículo abandonado em Petrópolis. Começamos a receber as denúncias no mês passado e montamos a operação com o apoio da Guarda Civil, por meio do Grupamento de Proteção Ambiental (GPA), que nos deu toda a assistência necessária. É um trabalho árduo e contamos com o apoio da população para combater as irregularidades na nossa cidade”, disse Fred.

O chefe de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente, Miguel Fausto, avalia os prejuízos ambientais causados pelo abandono dos veículos e alerta para os riscos.

“Verificamos motores de veículos colocados diretamente no chão, o que contamina o solo, pois o material pode chegar ao lençol freático, o que provoca a contaminação da água. As carcaças e pneus empilhados também são um risco pois servem de criadouro do mosquito da dengue e outros vetores de doença. Os prejuízos causados pelo abandono de veículos e de peças, como é o caso que encontramos neste local, são enormes”, aponta Miguel.

No início de maio, uma operação conjunta entre as secretarias de Meio Ambiente e de Serviços, Segurança e Ordem Pública, a Guarda Civil e a Polícia Militar resultou na interdição de um ferro velho que fica na Estrada União e Indústria. Em fevereiro, a Secretaria de Meio Ambiente também fez a retirada de dois veículos que estavam abandonados às margens da BR-040, no Moinho Preto. O dono dos veículos era o responsável por um ferro velho que fica no local. Depois dessa operação, nenhum outro veículo foi deixado abandonado na região.

“No Moinho Preto, cumprimos uma ordem judicial que dava um prazo para que o responsável pelos veículos retirasse os veículos. Como ele não cumpriu esse prazo, fizemos a retirada. No início do mês, encontramos uma série de irregularidades e o ​ ​ estabelecimento foi interditado. Dessa vez, estavam usando uma região com muito verde para abrigar as carcaças. Estamos atuando de forma enérgica para não permitir os crimes ambientais em nossa cidade”, disse Fred Procópio. ​

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente esta notícia

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI