quarta-feira, 31 de maio de 2017

SECRETARIA DE SAÚDE OFERECE 27 GRUPOS ANTITABAGISTAS NO MUNICÍPIO

A Secretaria de Saúde está reestruturando o Programa Municipal de Antitabagismo, que conta com reuniões de apoio, medicamentos e orientações totalmente gratuitas à população. Atualmente, o município possui  27 unidades de saúde que oferecem no momento apoio a 113 pessoas que desejam parar de fumar. De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) o consumo de tabaco é a principal causa de morte evitável no mundo. Com base neste dado, para se criar um movimento de conscientização e de prevenção, criou-se o Dia Mundial sem Tabaco comemorado no dia 31 de maio.

Segundo o Ministério da Saúde, o tabagismo está relacionado a mais de 50 doenças sendo responsável por 30% das mortes por câncer de boca, 90% das mortes por câncer de pulmão, 25% das mortes por doença do coração, 85% das mortes por bronquite e enfisema e 25% das mortes por derrame cerebral. Para criar ações efetivas de prevenção e tratamento ao vício, o município está reformulando as ações do programa.

 “Ao se trabalhar com promoção de saúde e ações de prevenção, nós precisamos ter dados consolidados para traçar nossas estratégias e, por isso, o Programa Antitabagismo está sendo todo reestruturado. Iremos capacitar as equipes de estratégia de saúde da família e, principalmente, das agentes de saúde para realizar a busca ativa desses dados, além de ampliar as ações de apoio em grande parte de nossas unidades de saúde”, explica o secretário, Silmar Fortes.

 A encarregada do Programa Antitabagismo, Lilian Ottero, explica que das 113 pessoas assistidas no município, 62% resolveram parar de fumar ao final da 4º sessão do grupo de apoio. “Esses grupos são fundamentais para sensibilizar os fumantes para o tratamento, além de dar apoio na fase de manutenção e abstinência para evitar a recaída”, afirma

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

PESQUISA POR MATÉRIAS