ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

sexta-feira, 23 de junho de 2017

BAUERNFEST: SAIBA COMO FICA O TRÂNSITO NOS DEZ DIAS DE FESTA

A Companhia Petropoliana de Trânsito e Transportes (CPTrans), realizou nesta quinta-feira (22) uma série de alterações no trânsito para minimizar os efeitos causados nos 10 dias de Bauernfest. A principal mudança foi a inversão da mão para quem passa ao lado do Palácio de Cristal, que pode acessar a Padre Siqueira, no sentido Roberto Silveira. Outra mudança foi na Montecaseros, em esquema de mão única no trecho entre a Piabanha e a Igreja de Santa Catarina. Os testes irão permanecer ao longo desta noite para uma avaliação mais precisa e, caso seja necessário, na manhã desta sexta-feira. Comprovada a eficiência, as mudanças serão validadas.

“É necessário que nossas equipes realizem esses testes o mais próximo da festa possível, para que tenhamos um cenário real. Após concluirmos todos os testes vamos analisar e ver o que foi satisfatório para poder aplicar já na noite desta sexta. São mudanças que, em um primeiro momento podem deixar o motorista um pouco confuso, mas que pode trazer um resultado muito positivo ao longo do evento”, destacou o diretor-presidente da CPTrans, Maurinho Branco.
Uma das tentativas foi abertura da ponte na Praça Confluência para a entrada dos veículos que seguiam da Barão em direção ao Centro. No entanto, a tentativa foi insatisfatória, já que houve retenção maior do que o normal previsto tanto na Barão do Rio Branco, quando na 13 de Maio e na Padre Siqueira. Essa mudança foi descartada.


Fique atento às mudanças:

Transporte
Todas as linhas que chegam ao Centro Histórico estarão com o letreiro indicativo “Via Bauernfest”. Haverá, ainda, aos sábados e domingos de festa, além do feriado do dia 29 de junho, uma linha executiva, saindo do Bingen com destino à festa, cujo letreiro indicativo estará escrito “Bauernfest”. O valor cobrado será de R$ 5, taxa já praticada pelos executivos. O desembarque vai ser na Avenida Roberto Silveira, pertinho da festa, de onde parte novamente para a rodoviária do Bingen.


Interdições
A Rua Alfredo Pachá fica interditada a partir das 10h desta sexta-feira e só será reaberta no dia 3 de julho, após o fim da festa.
O entorno da Praça Getúlio Vargas (Praça da Águia) também sofrerá interdição. O local é palco da Feira de Cerveja Artesanal, Deguste, que acontece em edição especial, por conta da Festa do Colono. Ela será fechada a partir desta sexta e será reaberta no dia 3 de julho.


Alteração no trânsito
Nos 10 dias de festa, a Avenida Getúlio Vargas, no Quitandinha, ficará em mão única. O local servirá de estacionamento para ônibus de turismo nos dias de evento.


Ônibus de turismo
Além do estacionamento para ônibus de turismo no Quitandinha, o Bingen também terá essa finalidade nas proximidades da Universidade Estácio de Sá. O embarque e desembarque de passageiros serão próximos ao Relógio das Flores.


Vans de turismo
As vans de turismo poderão fazer o embarque e desembarque em pontos do Centro próximo à festa em locais que não comprometam o tráfego de veículos. Após isso, deverão seguir para o estacionamento.


Estacionamento rotativo
O estacionamento rotativo irá funcionar nos 10 dias de festa de 8h às 22h, ao custo de R$ 3 a hora, sem limite de tempo, no entorno da Bauernfest. As ruas que terão horário de rotativo ampliado são: Rua da Imperatriz, Barão do Amazonas, Irmãos D’Ângelo, São Pedro de Alcântara, Nelson de Sá Earp, Avenida Koeler, Avenida Tiradentes, Rua Roberto da Silveira, ruas 7 de Abril, Padre Siqueira, Avenida Presidente Kennedy, ruas 13 de Maio, Montecaseros, Frei Rogério e a Avenida Barão do Rio Branco – que será sinalizada.


Valet
O serviço de valet vai funcionar na Avenida Roberto Silveira aos sábados (24 de junho e 1º de julho) nos domingos (25 de junho e 2 de julho) e no feriado do Dia do Colono (29 de junho).


Trajetos alternativos

  • No trecho entre Itaipava e o Bingen, além da BR-040, tem a opção de passagem subindo o Quarteirão Brasileiro, saindo na Mosela. A opção se dá também para quem precisa fazer o caminho contrário.
  • Alternativa entre o Bingen e o Quitandinha, evitando o Centro, é a passagem pelo Vila Militar, chegando no Valparaíso.

  • Outra opção de passagem para o Valparaíso é a utilização da Comunidade Oswaldo Cruz – que dá acesso ao Cemitério Municipal.

  • Entre o Itamarati e o Quitandinha, a rota alternativa é o Alto da Serra, pela Rua Santos Dumont.CPTrans testa mudanças no trânsito para a Bauernfest

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente esta notícia