PESQUISA POR MATÉRIAS

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

quarta-feira, 28 de junho de 2017

MORADORES AJUDAM A PROMOVER MELHORIA EM RUAS DA POSSE

Toda primeira sexta-feira do mês, 20 moradores de várias ruas da Posse se reúnem para definir quais locais vão receber intervenções de manutenção viária no bairro. O “Comitê das Estradas” é responsável por apontar quais locais demandam trabalho mais urgente. Em junho, por exemplo, três ruas foram escolhidas por esse grupo e o serviço em quase 30 km será concluído até a próxima reunião.

Cada integrante do Comitê é morador de uma das estradas vicinais, o que ajuda dar uma noção melhor das condições de cada rua. Os encontros agora acontecem na instalação da equipe regional com presença do agente regional e do engenheiro da Secretaria de Obras que atende distrito.

“Esse trabalho tem dado certo, tem gerado um retorno muito bom. Cada representante traz os problemas das estradas sob sua responsabilidade e ajuda a agilizar o serviço, porque por mais que a prefeitura saiba da necessidade, às vezes não sabe das condições da estrada naquele exato momento. Então é muito bacana ter esse contato direto com o pessoal da regional”, explica o morador da Estrada Arnaldo Duckehof há 20 anos, José Luiz Dávila, um dos integrantes do comitê.

“Esse trabalho integra a comunidade, que apresenta suas necessidades, a equipe regional, que é responsável por acolher as demandas e viabilizar os serviços. Esse contato próximo é fundamental para que a gente consiga dar condições aos motoristas do bairro, aos ônibus e aos produtores rurais”, destaca o secretário de Obras, Ronaldo Medeiros.

Os quase 15 quilômetros da Estrada Arnaldo Duckehof receberam até a última semana a passagem  de uma máquina que faz uma espécie de raspagem em ruas de terra para eliminar os buracos – também é utilizada uma pá mecânica e um caminhão para remover o excesso de terra. Esta semana, o serviço começou na Estrada das Piras, trecho de aproximadamente 10 quilômetros, dos quais três quilômetros já estão prontos.O trabalho será concluído até o final da semana que vem, assim como na Estrada dos Caboclos (cerca de quatro quilômetros com metade já concluído).

Esse trabalho vai beneficiar cerca de quatro mil moradores e ajudar os quase 90 produtores rurais a escoarem a produção. Na Estrada dos Caboclos, por exemplo, o trabalho foi necessário para permitir a passagem do ônibus urbano e escolar.

A manutenção viária desses locais ocorre geralmente nesse período de estiagem. No entanto, as chuvas fora de época estão atrapalhando um pouco a equipe regional. Em maio, por exemplo, o Comitê escolheu a Estrada do Taquaril para receber o serviço, mas a chuva do fim do mês exigiu a intervenção fosse realizada mais uma vez agora em junho. Os oito quilômetros da rua ficaram prontos no dia 20. ​