ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

segunda-feira, 26 de junho de 2017

PETRÓPOLIS TERÁ VERBA DE R$ 17,7 MILHÕES PARA INVESTIMENTOS EM EDUCAÇÃO, SAÚDE E PREVENÇÃO DE DESASTRES NATURAIS

Em dois dias de reuniões na capital federal, o prefeito Bernardo Rossi, acompanhado por secretários, articulou com ministros a liberação de R$ 17,7 milhões em recursos federais para investimentos em saúde, educação e prevenção a desastres naturais. O prefeito foi recebido pelo presidente em exercício, Rodrigo Maia, na quinta-feira (22.06), e teve do chefe de estado o compromisso de apoio, por parte do governo federal, para agilizar a conclusão das obras de construção da nova pista de subida da Serra. “Há previsão de as obras serem retomadas em agosto e o município quer acompanhar de perto. A BR-040 é a principal via de acesso à Petrópolis e as más condições da estrada influenciam diretamente a economia da cidade”, pontua o prefeito.

Bernardo destacou ainda os resultados positivos das reuniões com os ministros. “Esse contato direto com os ministérios para a apresentação de projetos, que beneficiem a cidade é sempre positivo, mas se torna ainda mais importante em um momento de crise, como o que vivemos hoje. Mais uma vez fomos muito bem recebidos e o resultado das reuniões foi bastante positivo”, avalia o prefeito Bernardo Rossi.

A liberação de R$ 10 milhões para o Plano de Ações Articuladas (PAR – Simec), foi acertada em reunião na quarta-feira (21.06) entre o prefeito, o secretário de Educação, Anderson Juliano e o ministro da pasta, José Mendonça Filho. O Plano de Ações prevê a construção de Centros de Educação Infantil, aquisição de ônibus escolares e mobiliário.

“Apresentamos as demandas reais da cidade e conversamos com o ministro sobre as dificuldades que o município enfrenta. Ele foi muito solícito e se comprometeu a nos ajudar. Queremos melhorar a estrutura dos Centros de Educação Infantil que já temos e construir novas unidades, para atender a demanda por vagas, pois sabemos da importância das creches para as nossas crianças e para as famílias”, afirma o prefeito.

No mesmo dia, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, anunciou ao prefeito e ao secretário Saúde, Silmar Fortes, a liberação de R$ 4 milhões para melhorias na rede de Saúde. O município garantiu ainda o credenciamento do Centro de Atenção Psicossocial - Caps - de Itaipava e a criação do Núcleo de Apoio à Saúde da Família.

 “Os credenciamentos melhoram a estrutura do serviço e os recursos, que devem chegar a cidade em breve, e possibilitarão melhorias no atendimento à população. A pedido do ministro, o município enviará também projetos para instalação da unidade de pronto atendimento em Itaipava e para a ampliação da maternidade do Hospital Alcides Carneiro”, destaca o prefeito.

 Em reunião com o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, o prefeito, Bernardo Rossi conquistou recursos para investimentos em projetos de prevenção aos desastres e intervenções para contenção de encostas na cidade. O ministro disse que dará prioridade ao projeto elaborado pela Secretaria de Defesa Civil em parceria com Universidade Federal Fluminense (UFF) para evitar a expansão das áreas de risco da cidade. O projeto está orçado em R$ 3,7 milhões.

“Investir em prevenção é a única forma que temos de evitar as tragédias que, infelizmente fazem parte do histórico da cidade. Toda prefeitura vem se empenhando muito neste sentido. Além do projeto para conter a expansão das áreas de risco, apresentamos ao ministro outros 19 projetos para contenção de encostas e desassoreamento de rios”, pontua o prefeito. A reunião foi acompanhada pelos secretários de Obras e Habitação, Ronaldo Medeiros, e Defesa Civil e Ações voluntárias, Paulo Renato Vaz. De acordo com o Plano Municipal de redução de riscos, Petrópolis tem hoje nos cinco distritos, 234 áreas de risco alto e muito alto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente esta notícia