PESQUISA POR MATÉRIAS

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

terça-feira, 18 de julho de 2017

AGASALHOS SÃO DOADOS A MORADORES DE RUA

Com uma nova frente fria chegando, a Secretaria de Assistência Social está intensificando as abordagens noturnas durante o inverno oferecendo abrigo às pessoas em situação de rua na temporada mais fria do ano. Além disso, empresários do município, sensibilizados com a causa, vêm arrecadando agasalhos e cobertores para os assistidos do NIS e Centro Pop. A operação Inverno lançada dia 03 de julho tem acolhido em média diariamente 12 pessoas para pernoitar no Núcleo de Integração Social (NIS). A adesão começou pequena nos primeiros dias, mas com os termômetros marcando menos de 6ºc em média, a procura por um local seguro e aquecido vem aumentando gradativamente.

Além de disponibilizar três educadores sociais para as abordagens noturnas, de 20 às 22h diariamente, a Secretaria de Assistência também está com uma linha direta para que a população ligue caso encontre morador em situação de rua desejando abrigo, o telefone é 2246-8741 com funcionamento 24h. A secretária de Assistência Social, Denise Quintella reafirmou o compromisso do governo em proporcionar uma assistência digna à população de rua. Assim que chegam ao NIS, os moradores de rua recebem uma refeição, cama arrumada e roupas limpas.
 “Estamos mobilizados a prestar a melhor assistência a eles neste período de inverno conforme orientou o nosso prefeito e estamos contando com o apoio de empresários que estão arrecadando doações para os nossos assistidos. Nós conseguimos uma máquina de lavar de doação, então muitas peças de roupas nós estamos conseguindo reaproveitar, mas outras tantas são descartáveis, então toda doação é bem-vinda”, disse Denise Quintella.
O empresário Murilo Guerra entregou nesta segunda-feira (17.07) uma caixa com roupas masculinas, femininas e diversos cobertores. Ele afirma que a arrecadação continuará ate o fim do Inverno.
“Eu me preocupei em trazer logo, pois vi na meteorologia que o frio vai ficar mais intenso nos próximos dias. Todo ano eu faço campanha do agasalho, mas desta vez me sensibilizou a questão das pessoas em situação de rua então resolvi ajudar. Continuaremos recebendo meias, gorros, luvas, calçados, entre outras peças”, anuncia Murilo Guerra.
Centro Pop oferece acompanhamento durante o dia
Após o pernoite, os acolhidos podem tomar café da manhã e optarem em passar o dia no Centro Pop ou retornarem às ruas. A secretária de Assistência Social, Denise Quintella reafirma que a Secretaria não pode obrigar a permanência nos serviços.
“Eles só ficam se quiserem, não podemos obrigá-los. Nós sempre oferecemos a eles a oportunidade de irem para o Centro Pop onde realizam as atividades do dia, tomam banho, trocam de roupa e recebem o ticket de refeição para almoçar no restaurante popular e a tarde eles podem voltar para lanchar. Alguns têm optado por saírem do Centro Pop e irem para o NIS dormir, mas são casos raros”, disse Denise Quintella.
 A Secretaria de Assistência espera reaproximar os serviços do Centro POP e do NIS às pessoas que se recusam a receber o acolhimento proporcionado pela equipe de abordagem.  “Esperamos que àqueles que estão afastados possam voltar a frequentar o Centro POP para as atividades diárias e futuramente o NIS para que se enquadrem no processo de ressocialização junto à comunidade”, afirma Denise Quintella.