| CIDADE

TEMPORAL DE DOMINGO CAUSOU ESTRAGOS EM ALGUNS BAIRROS

Na União e Indústria, na altura de Corrêas, uma árvore caiu e interditou a pista |  Grupos Whatsapp A Secretaria de Defesa Civil e Açõe...

terça-feira, 4 de julho de 2017

ALTERAÇÕES NO TRÂNSITO DURANTE BAUERNFEST GARANTIRAM FLUIDEZ

A mudança de mão da Rua Padre Siqueira foi fundamental para diminuir o impacto do trânsito durante a Bauernfest. Com a cidade lotada em seus 10 dias de evento, petropolitanos e turistas chegaram até a festa sem problemas, já que todos os agentes da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans), foram destacados para a festa do Colono Alemão. Foram mais de 320 mil pessoas passando pela Bauern e de acordo com a Concer, nos dois fins de semana, foram registrados 113.810 veículos em direção a Petrópolis. Só de ônibus de turismo foram cerca de 350 - a maioria, 110 deles, no último dia de festa.

No segundo fim de semana, a CPTrans precisou montar um esquema diferenciado no trânsito para receber os veículos de turismo e, além de os direcionar para o entorno do Quitandinha e Bingen, como ocorreu no fim de semana anterior, eles também foram colocados em uma faixa exclusiva na Avenida Barão do Rio Branco. Para a orientação dos motoristas, os agentes da CPTrans, que contaram com o apoio de guardas civis, ficaram nos principais cruzamentos da cidade. Outro ponto para o sucesso do evento foi a ampla divulgação das rotas alternativas, voltadas às pessoas que não tinham a festa como destino final.

“Historicamente o trânsito era um problema nos 10 dias de festa, mas com organização e trabalho em equipe, conseguimos reverter esse quadro e a edição de 2017 não causou nenhum transtorno aos motoristas. Nossa equipe esteve empenhada em garantir um resultado de excelência e isso foi visto durante a Bauernfest. Realizamos testes para saber dessa viabilidade e constatamos a melhoria já antes do evento. A população e os visitantes conseguiram aproveitar a festa sem dor de cabeça”, destaca o diretor-presidente da CPTrans, Maurinho Branco.

Além de organizar o trânsito, a CPTrans também adotou medidas para que os visitantes pudessem parar seus veículos sem transtornos. O horário do estacionamento rotativo foi ampliado para às 22h durante o evento, sem tempo de permanência mínimo. O serviço de valet disponibilizado na Avenida Koeler nos fins de semana e no feriado do Dia do Colono, também ajudou a tirar veículos das ruas, organizado de maneira ordenada os carros no município. Outro ponto positivo foi o direcionamento das vans de turismo para o estacionamento da CPTrans na Rua do Imperador, ao lado da CEF.

“Toda a expertise dos agentes, aliado aos conhecimentos técnicos dos nossos engenheiros de trânsito foram utilizados para cada ação da CPTrans durante a Bauern. O resultado foi uma ação coordenada e organizada, em que a população conseguiu trafegar sem problema e os visitantes chegarem à festa com uma facilidade nunca vista antes”, explica o diretor técnico operacional da Companhia e especialista em engenharia de trânsito, Luciano Moreira.

Petropolitana, a publicitária Nathalia Rodrigues agora moradora do Rio de Janeiro, é  fã da Bauernfest e conseguiu subir à Serra no segundo fim de semana para aproveitar a festa do colono. “Foi uma alteração realmente significativa no trânsito. Vi agentes nos cruzamentos, os carros passando sem maiores problemas, enfim, uma festa totalmente organizada que foi pensada em seus mínimos detalhes”, conta. ​

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI