ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

sexta-feira, 21 de julho de 2017

BACTÉRIAS PODEM CHEGAR ATÉ A PARTE INTERNA DO DENTE E LEVAR AO TRATAMENTO DE CANAL

O tratamento de canal é cada vez mais raro nas clínicas odontológicas desde que a prevenção foi adotada como o melhor caminho quando se fala em saúde. O quadro se caracteriza pela evolução da cárie, permitindo que as bactérias acessem a parte mais interna do dente, onde passam nervos e vasos sanguíneos. 

O sinal de alerta é a dor. Primeiro ela aparece somente diante de estímulos, como o contato com um alimento gelado, depois, se torna constante. O cirurgião dentista Márcio Marques, do Instituto Rio, explica que isso acontece quando a polpa necrosa, ou seja, quando o tecido “morre”.
“A cárie começa a destruir a coroa e em algum momento vai chegar ao canal, que é a parte ‘viva’ do dente. O nervo, que fica nessa parte mais interna e oca, é nutrido por vasos sanguíneos. Quando as bactérias têm livre acesso, depois que o canal é aberto, a infecção tende a ir aumentando”, detalha o especialista.

Atualmente, o tratamento de canal conta com tecnologia que permite uma conclusão mais rápida e uma intervenção ainda mais segura. Segundo Márcio Marques, a intervenção consiste em abrir o dente por cima, fazendo uma raspagem nas paredes e colocando um material chamado de cone obturador, que irá selar e fechar o acesso de forma que a área não seja mais invadida por bactérias.
“O endodontista (especialidade da odontologia que trata o canal) faz uma limpeza e retira o conteúdo necrosado, lava, raspa o que estava contaminado e o local fica protegido após a colocação do cone”, esclarece Márcio.

 A doença está ligada aos hábitos de higiene e ao tipo de alimentação, já que é uma consequência da cárie não tratada, mas também pode ter outras causas, como uma pancada. Dor e sensibilidade frente ao contato do dente com temperaturas mais frias ou com alimentos doces são sinais que não devem ser negligenciados.

A clínica multidisciplinar Instituto Rio, onde o tratamento de canal é oferecido, fica na Rua Marechal Deodoro, 119, salas 12 a 14, no Centro. A clínica também tem sede no município de Cabo Frio, na Av. Teixeira e Souza, nº 2.277, sobreloja, no Braga. Outras informações pelo telefone: (24) 2231-0305.