ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

quinta-feira, 13 de julho de 2017

CPTRANS COBRA AINDA MAIS MELHORIAS NO TRANSPORTE PÚBLICO NA POSSE

A mudança no sistema de transporte na Posse – que possibilitou mais 31 horários diários para passageiros do distrito e também oriundos de Rio Bonito e Gaby (Areal) - vai receber ainda mais melhorias: a CPTrans determinou à Turb, que opera na região, ajuste de horários de saída do distrito da Posse. Recalculando os intervalos das viagens, o objetivo é ter mais eficiência e que o usuário fique menor tempo aguardando os ônibus na integração. A CPTrans determinou, ainda, a colocação de novos abrigos. As melhorias foram solicitadas em reunião nesta quarta-feira (12.07) para adequações no novo modelo de operação oferecido na região.

O serviço de otimização no distrito começou no último dia 2 de junho. A nova modalidade diminuiu o tempo de espera nas linhas, pois aumentou a oferta de viagens em 46,3% saindo dos bairros. Outro benefício com a modalidade é o desconto de R$ 0,10 na tarifa da viagem, com a utilização do RioCard – que ainda oferece a integração total das linhas para outros bairros da cidade. Usuários das linhas Jurity e Albertos, no Brejal, também foram contemplados com o novo sistema, já que ganharam mais uma integração no cartão de passagens, ou seja, eles conseguem se deslocar até o Morin, por exemplo, pagando apenas uma tarifa de

“Estamos acompanhando de perto todas essas mudanças do transporte da Posse para garantir ao usuário que o sistema esteja funcionando da melhor maneira possível. Nesta primeira semana de operação constatamos que os abrigos disponibilizados para a transferência não são suficientes para atender a demanda, por isso já solicitamos a providência de mais dois deles. Também pedimos os ajustes dos horários e mais eficiência na hora de resolver um possível caso de erroem alguma linha. Além disso,para garantir a eficiência da integração para os passageiros, também solicitamos a extensão no período de venda do cartão RioCard no ponto de transferência, oferecido desde a aplicação da nova modalidade”, explica o diretor-presidente da CPTrans, Maurinho Branco.

No ponto de transferência da Posse, o RioCard é vendido por representantes da Turb. O cartão tem o custo de R$ 10,60, valor referente a duas passagens e ao “casco” e, caso o usuário desista de fazer o uso do sistema, pode devolver o cartão e ter os R$ 3 pago pelo mesmo devolvidos. Esse cartão também pode ser adquirido gratuitamente, sem o pagamento dos R$ 3, mediante o cadastro no quiosque da RioCard no Terminal Itaipava ou na loja da empresa, no Centro.

  “Para o sistema ser realmente eficiente precisamos nos atentar a todos os detalhes e é isso que estamos fazendo. Nosso compromisso é antes de tudo com o petropolitano e, por isso, vamos cobrar a excelência na prestação do serviço. Essas alterações representam maior oferta de horários para os moradores, aumentando a qualidade de vida dos usuários de transporte dessas regiões, que têm garantidas maior possibilidade de ir e vir”, destaca Maurinho.

Com a otimização os usuários os passageiros da linha Rio Bonito, que contavam com 15 viagens de segunda a sábado e 14 nos domingos e feriados, agora têm 25 horários à disposição todos os dias. Já o número de viagens do Posse-Gaby aumentou de 9 para 13 e, para atender a demanda de passageiros desses dois locais, o número de viagens atendendo da Posse até o Terminal Itaipava subiu de 69 para 86, com intervalo de viagens de 10 minutos em horários de pico e tempo de espera de apenas 15 minutos entre picos. Aos sábados, o número de viagens subiu de 60 para 76 e, nos domingos e feriados, o acréscimo foi de 36 para 59. ​