ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

quinta-feira, 27 de julho de 2017

DEFESA CIVIL AUTORIZA O RETORNO DOS MORADORES DO EDIFÍCIO REGENTE

Foto: Demétrio do Carmo
A Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias autorizou no final da tarde de quarta-feira (26) o retorno dos moradores ao edifício Regente, que havia sido evacuado por questões de segurança na segunda (24.06). A primeira etapa da demolição do restante da estrutura do supermercado também foi realizada nesta quarta, com a retirada da parte da frente da estrutura. A segunda  fase começa em dois dias, com o desmonte dos fundos do imóvel.

Segundo o diretor técnico e operacional da Defesa Civil, Ricardo Branco, dois engenheiros foram encaminhados para o edifício Regente logo após a demolição. Ele explica que não houve danos a estrutura.

“Todo o trabalho foi realizado pensando na segurança dos moradores do edifício Regente. Após a demolição na parte da frente do supermercado, voltamos ao local e verificamos que não existe dano nenhum a estrutura. Caso algum morador encontre algum problema, deve entrar em contato conosco pelo 199”, comentou.

Agora, em uma segunda etapa, será feito o escoramento da parte de trás do prédio – próximo à Praça Clementina de Jesus - que também será demolida. O processo de desmonte começa em dois dias.

“Realizamos uma vistoria em conjunto com os engenheiros contratados pela rede de supermercados e achamos mais prudente esperar que a estrutura esfrie antes da demolição. Vamos aguardar dois dias para começarmos esse trabalho. Tudo está sendo feito de forma muito cuidadosa, para garantir a segurança de todos”, Ricardo Branco.

Também na quarta-feira, a Rua Paulo Barbosa foi liberada para passagem de veículos. A via, no entanto, permanecerá com um trecho de aproximadamente 150 metros entre o edifício Regente e o Estacionamento Park Mais interditada para facilitar a remoção dos escombros do supermercado Extra. A rua foi lavada pela equipe da Comdep e recebeu sinalização temporária da CPTrans. A Prudente Aguiar permanece interditada por tempo indeterminado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente esta notícia