ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

segunda-feira, 10 de julho de 2017

GUARDA CIVIL COMEMORA 93 ANOS DE FUNDAÇÃO

Fortalecida no governo Bernardo Rossi, a Guarda Civil de Petrópolis vai completar 93 anos na próxima quarta-feira (12). A corporação vai realizar uma série de eventos durante a semana para marcar a data. No dia do aniversário, os ex-integrantes vão participar de um café da manhã na sede da instituição. Ao longo da semana, os agentes farão uma campanha de doação ao Banco de Sangue Santa Teresa. Também estão previstos outros eventos que vão acontecer ao longo do mês, como homenagens na Câmara de Vereadores, a formatura do Programa Promotores da Paz (Proppaz), a promoção de níveis de agentes, entre outros.

A Guarda Civil de Petrópolis é a segunda mais antiga do estado e conta com um efetivo de 225 homens. Ela foi criada a partir do clamor popular, após o deslocamento de policiais militares para São Paulo, onde ocorria a Revolta Paulista em 1924, maior conflito bélico já ocorrido na cidade de São Paulo. Com isso, a cidade ficou sem o policiamento necessário. Para reverter esse quadro, foi criada uma força de segurança municipal. Cumprindo o que determina a Constituição Federal e Estadual e a Lei Orgânica do Município, ela tem a função de proteger os bens, serviços e instalações da públicas do município. Hoje, ela atua dentro da Secretaria de Serviços, Segurança e Ordem Pública (SSOP)
​ ​ e vem trabalhando com intensidade desde o início do ano.

“A Guarda Civil é um grande orgulho do nosso município. Estamos valorizando cada agente que sai de casa para cuidar da nossa cidade e da nossa população. Os petropolitanos sabem que podem contar com uma Guarda presente e atuante, que vem driblando as dificuldades com muita criatividade e oferecendo mais serviços para Petrópolis. Essa é a principal conquista da corporação”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.


Guarda expande atuação em 2017 e dá mais segurança à população
Já nos primeiros dias de 2017, a Guarda colocou o ônibus de videomonitoramento em operação após três anos e meio parado. Ele já passou por Praça Visconde de Mauá (Praça da Águia), Parque Municipal de Itaipava (durante a Expo Petrópolis), Praça Marechal Carmona e Palácio de Cristal (para a Bauernfest) e agora está posicionado na Praça da Inconfidência. Em todos os locais que estacionou, o veículo zerou as ocorrências de delitos como furtos, brigas, pichações, entre outros.
“Esse é um equipamento que veio do Ministério da Justiça e que ficou simplesmente estacionado por três anos e meio porque a antiga gestão não se preocupou em colocar em operação. Nós conseguimos a doação do software de gravação de imagens e hoje ele está aí, contribuindo muito para segurança do nosso município”, destaca o secretário de Serviços, Segurança e Ordem Pública, Djalma Januzzi.
A grande novidade nesse ano foi a realização de seis edições do Choque de Ordem, ação integrada com a Polícia Militar, CPTrans, Coordenadoria de Fiscalização, Vara da Infância e Juventude e Conselho Tutelar para coibir irregularidades de trânsito, consumo e venda de drogas e bebidas alcoólicas para menores de 18 anos, som em volume alto, entre outros. Somadas, elas registraram ocorrências em ruas do Centro, Mosela, Bingen, Alto da Serra e Cascatinha.

“O choque de ordem era uma necessidade. A atuação da Guarda e de todos os órgãos mostrou que as pessoas podem se divertir sem prejudicar o trânsito ou incomodar os vizinhos com som alto. Também não podemos permitir crimes como oferta de bebidas para menores de 18 anos. A população compreendeu nosso trabalho”, analisa o coordenador de Segurança, Maurício Borges.

A Guarda ainda recuperou a frota que estava sucateada, aumentando o número de veículos à disposição dos petropolitanos de sete para 20 veículos. Também cresceu o número de instalações da instituição, que agora tem uma base fixa na Praça da Liberdade e novas instalações no Parque de Itaipava. O total de câmeras em funcionamento subiu graças ao trabalho da corporação, que religou nove câmeras e adicionou ao sistema de monitoramento quatro no posto da Praça da Liberdade e sete do ônibus.

Na Ronda Escolar, foram mais de 600 visitas desde meados de fevereiro nas unidades educacionais do município. O Programa Promotores da Paz (Proppaz) finalizou o primeiro semestre formando 262 alunos das escolas municipais Papa João Paulo II (São Sebastião), Odette Fonseca (Duques) e Jamil Sabrá (Cel. Veiga).

O canil foi inaugurado com estrutura física para oito cães, construída com ajuda de parceiros. Também por meio de parceira, a Guarda consegue dar adestramento aos animais que fazem detecção de drogas e armas e controle de distúrbios civis, treinamento aos agentes que fazem o manejo dos cachorros, acompanhamento veterinário, alimentação e medicamentos.
“Nossa presença em diversos pontos da cidade não é apenas figurativa. Trabalhamos 24 horas por dia no patrulhamento de todos os locais para garantir a tranquilidade dos petropolitanos. Estamos rodando em locais de grande movimentação de pessoas e pontos turísticos e conseguimos coibir delitos de menor potencial ofensivo para garantir uma Petrópolis mais segura”, explica o comandante da Guarda Civil, Jeferson Calomeni.