ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

ANIMAIS SILVESTRES MORREM ELETROCUTADOS EM FIOS DE ALTA TENSÃO NOS DISTRITOS

 Desde novembro do ano passado, diversos animais silvestres estão morrendo eletrocutados em fiação desencapada dentro de condomínios de Petrópolis. O alerta foi dado pela presidente da ONG Anima Vida, Ana Cristina Ribeiro. Os moradores do condomínio Vale do Bonsucesso, na BR-040, km 64, já informaram, várias vezes, os órgãos competentes sem que nenhuma providência tenha sido tomada.
São saguis, gambás e diversos tipos de aves que perderam a vida ao pousarem nos fios de alta tensão. No último final de semana de julho foi a vez de um gambá ficar preso à fiação depois de receber uma descarga elétrica.
Já no condomínio Vale do Sossego, há um mês atrás, uma cuíca ficou colada na fiação após a eletrocussão. Dois gaviões se aproximaram para pegar o corpo e também receberam a descarga elétrica. 
Devido ao descaso dos órgãos competentes, a AnimaVida entrou com uma denúncia no Ministério Público Estadual, onde o caso se transformou em um inquérito civil. 
"Esperamos que agora a concessionária de energia elétrica tome as providências cabíveis", disse Ana Cristina.
No Brasil, segundo a norma regulamentadora NR10, são consideradas altas tensões superiores a 1000 volts em corrente alternada ou 1500 volts em corrente contínua, entre fases ou entre fase e terra.
O Jornal de Itaipava entrou em contato com a concessionária Enel Distribuição Rio que  informou em nota, que já concluiu a etapa de mapeamento das áreas afetadas e iniciará a programação para substituição de parte da fiação do local, com objetivo de tornar a rede elétrica ainda mais protegida.