PESQUISA POR MATÉRIAS

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

terça-feira, 8 de agosto de 2017

DNIT DÁ INÍCIO A LICITAÇÃO PARA OBRAS NA UNIÃO E INDÚSTRIA

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Trânsito (Dnit) anunciou nesta segunda-feira (07) em reunião realizada com o prefeito Bernardo Rossi, que está licitando a empresa que será responsável por atualizar o projeto executivo para as obras da União e Indústria. Esse é o primeiro passo para que a estrada passe a ser integrada ao município, com a cessão por parte da União à Prefeitura. A incorporação da estrada, no entanto, só deverá ser concluída quando toda o trecho entre o início da Barão do Rio Branco e Pedro do Rio, receber intervenções.
A União e Indústria é a principal ligação do Centro com os distritos de Itaipava e Pedro do Rio. Inaugurada em 1861 por D. Pedro II, sua importância histórica está diretamente ligada a questões econômicas – uma vez que foi a primeira rodovia mecanizada do Brasil. Atualmente, a estrada apresenta buracos em toda a sua extensão em trechos com altos índices de acidentes. Já no início do ano, o prefeito esteve em Brasília, pedindo a municipalização da União e Indústria, condicionando, no entanto, que a mesma seja municipalizada.

Os tramites para que a obra seja realizada se arrasta há anos. Uma empresa chegou a vencer uma concorrência pública para a reforma da União e Indústria e deveria ter iniciado as intervenções em abril de 2015, no entanto, desistiu das obras. À ocasião, a segunda colocada do processo estava impedida de contratar com o governo e a terceira demonstrou, na época, não ter interesse em seguir com o processo. Desde então a situação está parada e cabe, agora, ao Dnit abrir uma nova concorrência pública.

“Nosso jurídico já sinalizou e demos início à licitação da empresa que vai atualizar o projeto executivo. Depois disso, precisaremos unir esforços junto à prefeitura para que as obras que serão feitas estejam de acordo com as necessidades do município, uma vez que após a sua conclusão ela será entregue totalmente à prefeitura”, explicou o representante do Dnit, Fernando Luiz Correia.
O diretor-presidente da CPTrans, Maurinho Branco, pontuou quanto às intervenções. “Deverão constar rotatórias, pontos de ônibus e uma série de obras intimamente ligada a uma estrada que passa por um trecho urbanizado, como é a União e Indústria. Essas mudanças serão fundamentais e, além de melhorar a estrada em si, vai ajudar no trânsito que liga o Centro aos distritos”, destaca.