ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

terça-feira, 1 de agosto de 2017

EM TRINTA DIAS DE VIDA DO BEBÊ ARTHUR, 86 PESSOAS FORAM BALEADAS NO RIO

Foto: Ricardo Moraes/Reuters
Em apenas 30 dias, 86 pessoas form vítimas de bala perdida no Rio. Uma média de três inocentes baleados por dia. O período é relacionado ao tempo em que o pequeno Arthur ficou na barriga da mãe antes de morrer, em decorrência de uma bala perdida. Foi um mês de luta. E o cenário nas ruas do estado não eram e nem são diferentes.

Das 86 vítimas, duas delas morreram. Crianças de 6 e 10 anos. Bryan Eduardo Mercês e Vanessa dos Santos, não resistiram aos disparos nas costas e na cabeça, respectivamente. O garoto foi atingido em uma briga de trânsito no dia 9 de julho. Já a menina, na porta de casa durante um tiroteio entre policiais e traficantes.

O levantamento foi realizado com base em registro de ocorrência da Polícia Civil, relatou o Extra. Segundo a reportagem, 20 dos 86 casos aconteceram na Baixada Fluminense, onde o Arthur foi baleado. A mãe dele voltava para casa quando foi baleada na Favela do Lixão, em Duque de Caxias.

Fonte: Notícias ao Minuto


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente esta notícia