ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

terça-feira, 22 de agosto de 2017

OBRAS DE CONJUNTO DO 'MINHA CASA, MINHA VIDA' NO CARANGOLA VÃO ATINGIR 60% EM SETEMBRO

Na segunda-feira (21), o Movimento por Aluguel Social e Moradia de Petrópolis se reuniu com o prefeito Bernardo Rossi e as secretarias de Obras e Assistência Social, para obter mais informações sobre o processo de indicação das famílias que receberão as 766 moradias do conjunto habitacional Vicenzo Rivetti. As obras, que fazem parte do programa Minha Casa Minha Vida vão atingir em setembro 60%. Em março um grupo de trabalho foi criado para acompanhar os critérios para a definição das famílias que receberão as moradias. A análise é feita pela Caixa, com base em listagem de famílias atendidas pelo programa de aluguel social.
“Estamos acompanhando as obras, que são fundamentais, mas a definição de quem terá direito aos apartamentos tem a mesma importância. Estamos sendo bastante cuidadosos para que o processo ocorra da maneira correta”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.
Em março um grupo de trabalho composto por representantes da Defensoria Pública, Instituto Estadual do Ambiente (INEA), CDDH e Secretaria de Habitação, entre outros órgãos foi formado para acompanhar o assunto. Durante a reunião também foi esclarecido o andamento de outros projetos do programa habitacional no município. 
O conjunto do Vicenzo Rivetti é construído dentro da faixa 1 do programa Minha Casa Minha Vida, ou seja, é voltado para famílias com mais baixa renda - até R$ 1,8 mil por mês. Do total de unidades, 22 apartamentos serão destinados para famílias que tem algum integrante com mobilidade reduzida – o que equivale a 3% do empreendimento. Para isso, elas precisam estar regularizadas no Cadastro Único (CadÚnico), que está sendo atualizado atualmente.
A obra foi acelerada em 2017, após ficar três anos parada pela saída da antiga empresa responsável. A AB Construtora assumiu a construção com apenas 5% – o terreno estava coberto de mato e, hoje, os blocos estão erguidos e com revestimento. Na semana passada, o prefeito Bernardo Rossi esteve no empreendimento e conheceu o apartamento modelo que já está pronto e mostra como será a moradia com os acabamentos.
Na reunião dessa segunda, ainda foi informado sobre o andamento de outros projetos de Minha Casa Minha Vida no município. A Secretaria de Obras segue articulando com os governos do Estado e Federal para que a construção do empreendimento possa ter início no Caititu.
Também participaram da reunião o vice-prefeito Baninho, os secretários de Obras, Ronaldo Medeiros, de Assistência Social, Denise Quintela, de Gabinete, Renan Campos, e representantes do Centro de Defesa dos Direitos Humanos (CDDH) e do Instituto Estadual do Ambiente (Inea).