PESQUISA POR MATÉRIAS

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

SENAI RIO VAI FORMAR MÃO DE OBRA PARA TRANSIÇÃO DE TV ANALÓGICA PARA DIGITAL

Alunos e instrutores do SENAI Rio vão a campo para ajudar a população a fazer a migração do sinal de TV analógico para o digital. A instituição se tornou parceira daAbert (Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão) e da Seja Digital (entidade não governamental e sem fins lucrativos responsável pelo processo de desligamento do sinal analógico de TV no Brasil) para lançar a Patrulha Digital.

 Na manhã desta quinta-feira, 3 de agosto, foi assinado o convênio entre as três instituições na sede da FIRJAN (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro), no Centro do Rio. À tarde, começou a ser realizada a capacitação de duzentos instrutores do SENAI. Eles ficarão responsáveis por treinar 20 mil alunos de cursos de formação profissional, que juntos formarão a Patrulha Digital para orientar moradores de Petrópolis e outras 18 cidades sobre a conversão do sinal analógico de TV para o digital. A partir de 25 de outubro, a transmissão analógica será completamente encerrada nesses locais e o sinal digital passará a ser a única forma de assistir à programação da TV aberta.


“A tevê é o meio de comunicação de massa por excelência e está em 97% dos lares brasileiros, o que significa mais de 68 milhões de aparelhos, numa estimativa modesta de apenas um por casa. É com orgulho que o SENAI Rio participa desta etapa de evolução da televisão brasileira”, disse Carlos Fernando Gross, vice-presidente da FIRJAN.

Para o diretor Regional do SENAI Rio, Alexandre dos Reis, esse é um processo de inovação tecnológica de enorme importância. “Vamos levar informação, formação e transformação para as pessoas”, disse ele.

Para que todos os lares tenham acesso ao sinal digital de TV, cerca de 1,2 milhão de kits gratuitos, com antena digital e conversor com controle remoto, serão distribuídos gratuitamente pela Seja Digital para famílias do Rio de Janeiro beneficiárias de programas sociais do Governo Federal. Os alunos do SENAI Rio visitarão esses moradores para orientá-los sobre a mudança e ajudá-los a instalar os conversores que adaptam as TVs de tubo à nova tecnologia. 
Em 2017, 360 cidades brasileiras devem passar pela mudança. A TV analógica já foi desligada nas regiões de Brasília, São Paulo (SP), Goiânia (GO), Rio Verde (GO) e Recife (PE), que receberam a Patrulha Digital formada pelo SENAI de outros estados.

Para o presidente da Abert, Paulo Tonet Camargo, nesse momento o Brasil está fazendo história. “Estamos promovendo o desligamento do sinal analógico com muito sucesso e para isso a parceria com o SENAI é fundamental. Ganhamos capilaridade para poder ir a todas as residências e fazer o auxílio às pessoas na conversão de seus aparelhos de tevê”, disse ele.

“Esse é um grande projeto de inclusão, já que além do aumento da qualidade de imagem e som na televisão, também acarretará uma melhoria no serviço de internet móvel”, disse o presidente da Seja Digital, Antonio Carlos Martelletto.

As 19 cidades do Rio em que a Patrulha Digital vai atuar, visitando as casas e orientando os moradores são: Rio de Janeiro, Belford Roxo, Duque de Caxias, Guapimirim, Itaboraí, Itaguaí, Japeri, Magé, Maricá, Mesquita, Nilópolis, Niterói, Nova Iguaçu, Petrópolis, Queimados, São Gonçalo, São João de Meriti, Seropédica, Tanguá. Vão participar desta força-tarefa alunos de 15 unidades do SENAI Rio.

 Também participaram do evento Daruiz Paranhos, presidente da Aerj (Associação das Emissoras de Rádio e Televisão do Rio de Janeiro), André Dias e Eduardo Ferreira, diretores da TV Globo, Rodolfo Schneider, diretor do Grupo Bandeirantes, e Índio da Costa, secretário municipal de Habitação e Urbanismo, que representou o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella.