ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

TRANSFERÊNCIA DE NEYMAR PARA O PSG MOSTRA O PODER DOS PETRODÓLARES NO FUTEBOL

A transferência de Neymar do Barcelona para o Paris Saint-Germain por 222 milhões de euros (cerca de R$ 820 milhões) estabelece um novo recorde mundial no futebol. Nunca antes um clube pagou uma quantia tão exorbitante para ter um jogador.

Além disso, o pagamento vindo do Catar impulsionará o país para ter um embaixador de peso para a Copa do Mundo de 2020. Aos 30 anos, Neymar ainda estará no auge da forma e ajudará a divulgar o evento.   


A "venda do século" é uma representação clara da potência financeira que mostra como são os padrões de negociações árabes que ditam as regras. O clube que mais havia gastado nesta janela de transferências, antes do PSG, era o Manchester City do xeque Mansour bin Zayed al-Nahyan, em investimentos que beiram os 200 milhões de euros. O clube pagou 60 milhões de euros por Walker, 50 milhões por Mendy, 40 milhões por Ederson, 30 milhões por Danilo e 50 milhões por Bernardo Silva.   

Mas, a negociação de Neymar redimensiona até as compras mirabolantes de 85 milhões e 80 milhões de euros pelos atacantes Lukaku e Morata, respectivamente, feitas pelo Manchester United e pelo Chelsea, que detinham os "recordes" da temporada.   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente esta notícia