| PESQUISA POR MATÉRIAS

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

TELEFONIA FOI O MAIOR ALVO DE RECLAMAÇÃO DOS CONSUMIDORES PETROPOLITANOS EM 2017

Principal motivo de reclamações entre os petropolitanos, a telefonia mais uma vez liderou o ranking de queixas no Procon Petrópolis em 2017, seguida por bancos, prestadores de serviços e lojas de departamento. Ao longo do ano foram realizados 7.152 atendimentos no órgão de defesa do consumidor, que conseguiu resolver 89,24% dos problemas de relação de consumo, ou seja, 6.394. Entre as 10 empresas mais reclamadas, o número de reclamações quanto às empresas de telefonia chega a 1000.

A Oi segue liderando a lista das mais reclamadas com 758 queixas, seguidas da Claro (242), Enel (198), Itaú (174), Bradesco (166), Casas Bahia (104), Sky (81), Águas do Imperador (76), Caixa (53) e Ponto Frio (53). Juntas, elas somam 1.905 reclamações, ou seja, 26,64% do total de queixas no órgão. Por conta disso, o Procon realizou uma série de parcerias ao longo de 2017 com a finalidade de evitar a judicialização de processos e conseguir resolver efetivamente os problemas dos consumidores.
“Focamos em solucionar o problema dos usuários e o resultado está aí: enquanto em 2016 a taxa de resolução era de apenas 50%, no ano passado foi de quase 90%. Isso mostra um avanço significativo. Isso também ocorreu porque conseguimos aumentar o atendimento. Para ter uma ideia, tivemos 1000 horas a mais que no ano anterior. Podemos considerar que 2017 foi um ano que, definitivamente, marcou o Procon porque mudamos a forma como a população enxerga o órgão de defesa máximo do consumidor”, comemora o coordenador, Bernardo Sabrá.
 Outro ponto determinante para que o consumidor passasse a enxergar o Procon como referência para a resolução de problemas é devido às ações de fiscalizações realizadas ao longo do ano. Agência bancárias, supermercados, clínicas odontológicas, empresas de ônibus municipal e interestadual, shoppings, eventos, comércios e hotéis são alguns dos locais que receberam às ações. Além disso, o Procon realizou atividades especiais durante a Black Friday e o Natal, orientando empresas e consumidores sobre como agir na hora da compra e troca de produtos.
“O Procon se reinventou na busca de soluções e isso é um dos fatores determinantes para conseguirmos atender com eficiência o consumidor. A modernização e a acessibilidade foram alguns dos pontos essenciais e, neste sentido, é importante citar a criação do WhatsApp, da página do Facebook, a ampliação no número de linhas telefônicas, a ampliação de horários, o Procon Itinerantes, o site do órgão, entre outros. Além disso, também tornamos trabalhamos a questão solidária do órgão, onde conseguimos ajudar instituições com cobertores e agasalhos, além de levar às crianças brinquedos no Dia das Crianças e também no Natal”, destaca o coordenador do órgão.  
Quem quiser denunciar alguma prática abusiva pode contatar o Procon pela página do órgão no Facebook, o Procon Petrópolis; pelo site www.petropolis.rj.gov.br/procon. Há, ainda, o WhatsApp Denúncia, no número 98857-5837 ou os telefones 2246-8469 / 8470 / 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477. Atendimento presencial pode ser realizado na unidade do Centro, que fica na Rua Moreira da Fonseca, nº 33. A unidade de Itaipava localizada no Centro de Cidadania, que fica na Estrada União e Indústria, 11.860. Os telefones da unidade são: 2222-1418, 2222-7448 e 2222-7337.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI