| PESQUISA POR MATÉRIAS

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

GM JÁ ESTÁ COM MAIS AGENTES NAS RUAS DO CENTRO

A Guarda Civil já está com efetivo maior nas ruas do Centro Histórico. A partir desta quarta-feira (21), a corporação está mantendo 40 agentes para o patrulhamento preventivo, 10 a mais do que o habitual. Dessa forma, a Polícia Militar poderá deslocar mais homens para o patrulhamento ostensivo nos bairros. A medida começou a ser discutida na última segunda-feira (19) durante a reunião do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM) e determinada pelo prefeito Bernardo Rossi.

Os agentes foram deslocados para pontos como o final da Rua Washington Luiz, Obelisco, Praça da Inconfidência, entre outros. Na parte da tarde, o canil intensifica o trabalho de detecção de drogas e armas. As rondas de patrulhamento no período noturno também terão maior frequência. As medidas ocorrem após o anúncio de intervenção do governo federal na segurança pública do Rio de Janeiro.
 “O trabalho da Guarda Civil e da Polícia Militar vem ocorrendo de forma integrada e essa medida foi discutida no GGIM. A PM vem atuando nos bairros de forma mais intensa desde o último fim de semana e, para permitir que isso seja intensificado, a Guarda ampliou a presença no Centro, para manter a sensação de segurança dos petropolitanos”, aponta o prefeito Bernardo Rossi, presidente do GGIM.
Outro ponto é o patrulhamento noturno e uso de cães, que já estão sendo intensificados pela Guarda também nesta quarta-feira.
“É um planejamento que a Guarda vinha preparando para colocar em prática em março, mas que foi antecipado para atender a população nos locais mais movimentados, como áreas de comércio e de turismo”, destaca o comandante da Guarda Civil, Jeferson Calomeni.
Após o anúncio da intervenção federal, o 26º Batalhão da Polícia Militar passou a ter maior presença nos bairros. Para o comandante Oderlei Souza, os recentes casos de tiroteio no Quarteirão Brasileiro, Atílio Marotti e São Sebastião são reflexo dessa atuação.
“O policiamento nos bairros foi ampliado ao longo do ano de 2017, a partir da reativação dos 4 destacamentos (Itaipava, Cascatinha, Corrêas e Bingen) e de suas viaturas; foram 24 policiais a mais destacados para essas missões e 4 viaturas. Nesse momento estamos intensificando as operações em comunidades nos bairros. Esses casos recentes são fruto do aumento da repressão do batalhão”, analisa o comandante da PM.
Na terça-feira (20), o Exército fez um bloqueio no km 79 da BR-040, abordando carros e veículos de grande porte para coibir o transporte de drogas na principal rodovia de acesso a Petrópolis. Cerca de 20 homens e cinco viaturas participaram da ação.
“Todas as ações que visam coibir a entrada de drogas e de criminosos na cidade são muito bem-vindas. Petrópolis tem muito a ganhar com a atuação do Exército e com a integração de todas as forças de segurança do município”, afirma o secretário de Serviços, Segurança e Ordem Pública, Djalma Januzzi.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI