| PESQUISA POR MATÉRIAS

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA CURSOS GRATUITOS NO PROJETO ENSINAR PARA MUDAR

No dia 17 de fevereiro, sábado, novos alunos terão a oportunidade de se inscrever em um dos cursos gratuitos do projeto social Ensinar Para Mudar. Atualmente, são oferecidas aulas de informática, inglês, espanhol, teclado, música, gafiti, matemática e Jiu Jitsu, sempre aos sábados, em salas específicas para cada disciplina. Os interessados devem conferir o regulamento do projeto no site www.ensinarparamudar.com.br e comparecer à sede da instituição, localizada na Rua Quissamã 1737, no bairro Quissamã, das 9h às 17h, munidos com cópia da carteira de identidade e comprovante de residência. Menores de 18 anos precisam estar acompanhados de um responsável com a devida documentação.

 Após esta etapa de inscrição, haverá um processo seletivo realizado por regimento interno, cujo resultado será divulgado a partir do dia 24 de fevereiro e poderá ser consultado no site ou por telefone. Nesta data, também um sábado, caso as vagas não sejam totalmente preenchidas, uma nova etapa de pré-matrícula será realizada no mesmo local e horário, seguindo os mesmos procedimentos e critérios da primeira e com o resultado disponível a partir de 03 de março, quando também acontecerá a festa de abertura do novo período. No fim do ano, os alunos aprovados participam de formatura com entrega de certificado de conclusão.

Projeto Social Ensinar Para Mudar
O projeto social Ensinar Para Mudar já atendeu a mais de 2.400 alunos e abre novas vagas duas vezes a cada ano com cursos gratuitos. As aulas são ministradas por voluntários e atende à população de baixa renda da localidade e arredores.
O projeto foi criado há oito anos por seu coordenador Michel de Carvalho e seu vice- coordenador Oscar Dias, que hoje atuam como professores de informática e de música e teclado, respectivamente. Reunindo seus conhecimentos pessoais e acadêmicos, os dois decidiram usá-los em prol da comunidade recrutando também outros voluntários, levando integração social e contribuindo para a capacitação profissional de uma parcela da população.

Sobre os cursos:
Os cursos são divididos em módulos semestrais. A cada seis meses, novas vagas são abertas, gerando mais oportunidades de aprendizado para estudantes a partir de 8 anos de idade.
Só é possível se matricular em um curso por período, mas aqueles que já frequentam a instituição têm prioridade na rematrícula para o módulo seguinte ou ainda para escolher se matricular em um curso diferente. Para realizar a rematrícula é preciso ter uma frequência mínima nas aulas. Dessa forma, o projeto estimula a assiduidade dos alunos nas aulas e minimiza as evasões

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI