| PESQUISA POR MATÉRIAS

quinta-feira, 8 de março de 2018

BOLETIM DA DEFESA CIVIL SOBRE O TEMPORAL NO DISTRITO DA POSSE

Foto: Grupo Trânsito Repórter
A Defesa Civil do município emitiu na manhã desta quinta-feira (08), um boletim com  informações sobre o temporal que atingiu os distritos, sobretudo a região da Posse, durante a madrugada.  Foram 11 chamados com uma vítima fatal. Confira a nota na íntegra:

Equipes da Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias estão no distrito da Posse atendendo a ocorrências relacionadas à chuva que atingiu a região entre a noite desta quarta-feira (07) e manhã desta quinta (08). O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil receberam, até o momento, 11 chamados, todos após às 6h50.
Na Rua Nossa Senhora de Fátima, localidade conhecida como Morro do Querosene, uma criança morreu e uma mulher ficou ferida após a casa em que estavam ser atingida por um deslizamento de terra. A mulher foi socorrida por populares para o hospital.
Há registros de deslizamentos, na Estrada União e Indústria, que está interditada na altura da Curva da Jacuba; na pista sentido Rio de Janeiro da BR-040, interditando parcialmente a rodovia próximo ao quilômetro 48; e na Rua Noêmia Alves Rattes e Estrada do Brejal. Nestas ocorrências, não houve vítimas ou imóveis atingidos.
O prefeito Bernardo Rossi está no local acompanhando as equipes da Defesa Civil e secretárias que atuam na limpeza das vias do distrito e em atendimento a famílias que podem precisar deixar suas casas. “A orientação, pois a previsão é de chuva ainda ao longo do dia, é para os moradores se deslocarem para casas de amigos e parentes, preventivamente”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.
De acordo com o último boletim do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN), permanecem as condições de chuva moderada a forte em todo o estado. Os maiores acumulados registrados estão, além da Região Serrana, na da Costa Verde. O cenário deve ser mantido até a noite de hoje (08.03) com maiores precipitações nas regiões já citadas, além da região sul, baixada e capital. Devido às chuvas nos limites territoriais, os rios da região norte também devem se manter elevados.
Neste momento, a Defesa Civil está em estágio de atenção, já que a chuva permanece em algumas regiões da cidade e existe a previsão de chuva permanente ao longo do dia. A secretaria orienta a população a ter atenção em função dos acumulados que deixam o solo encharcado. Nas últimas 24 horas, o índice pluviométrico acumulado na Posse foi de 137 milímetros.
“Com a previsão de novas pancadas de chuvas é fundamental que a população que vive em área de risco tenha a atenção redobrada e, em caso de qualquer sinal de instabilidade do imóvel ou do terreno, o morador deve ligar para o 199 e pedir uma vistoria preventiva à Defesa Civil. Todo o nosso efetivo foi disponibilizado para atender às famílias”, explica o secretário de Defesa Civil, coronel Paulo Renato Vaz, lembrando que a ligação e o serviço são gratuitos.


Transporte público suspenso
A prefeitura também trabalha para restabelecer o transporte público na região. As linhas 712 (Rio Bonito), 717 (Posse Circular), 725 (Gaby), 728 (Jurity) e 729 (Albertos), além das linhas executivas 70 (Posse) e 74 (Rio Bonito) não operam no momento. A 711 (Posse) opera parcialmente, fazendo ponto final em Barra Mansa. A linha 707 (Fagundes) também está funcionamento parcialmente, indo até a parte asfaltada, na altura de Anápolis.
O ônibus atingido por uma barreira na manhã desta quinta-feira, fazia a linha Posse x Gaby. O incidente aconteceu por volta das 7h na altura da Jacuba, seguindo para Posse. Nem o motorista e nem os passageiros ficaram feridos.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI