quinta-feira, 15 de março de 2018

INTERVENTOR FEDERAL REPUDIA ASSASSINATO DE VEREADORA DO PSOL NO RIO DE JANEIRO

Da Agência Brasil -

O Gabinete da Intervenção divulgou nota sobre o assassinato da vereadora Marielle Franco, do PSOL, morta a tiros na noite de ontem (15), no centro do Rio de Janeiro. O gabinete  informou que o general Braga Netto repudia as ações criminosas como a que culminou na morte da vereadora  e de Anderson Pedro Gomes, motorista dela. “Ele se solidariza com as famílias e amigos. O interventor federal acompanha o caso em contato permanente com o Secretário de Estado de Segurança”, diz a nota do Gabinete de Intervenção.

Mais cedo, o secretário de estado de Segurança, general Richard Nunes, determinou à Divisão de Homicídios uma ampla investigação sobre os assassinatos e a tentativa de homicídio da assessora de Marielle, que sobreviveu ao ataque.
Os corpos da vereadora e do motorista aguardam liberação no Instituto Médico Legal. Marielle deve ser velada na Câmara de Vereadores, na Cinelândia.

ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI